terça-feira, outubro 22, 2013

ANSEIO

Subi comigo ao cume de alto monte:
e à proporção que nós formos subindo,
surpreso o nosso olhar vai descobrindo
mais extenso e belíssimo horizonte.

Na encosta um rio tem a sua fonte.
Subindo mais, aldeias vão surgindo.
E ao chegar ao cimo, onde tudo é lindo,
não há beleza que se não aponte.

É mais puro o ar, é mais viva a luz,
tudo nos deslumbra, tudo nos seduz,
envolve a terra um azulino véu.

Assim, os que pelo estudo vão trepando,
novas belezas vão descortinando
no anseio infinito de alcançar o céu.

José Fernando de Moura

4 Comments:

Blogger *¨* France❤✿ said...

OUI venir au somment d'une montagne est tellement agréable
et rester des heures à observer est toujours un régal
Bonne journée

11:51 da manhã  
Anonymous Helena said...

Manuel, vim agradecer tua visita e conhecer teu blog. Li muitos poemas aqui expostos e pude sentir que tens uma alma muito sensível, justamente pela escolha da Poesia postada. Todas de muito bom gosto. Parabéns pela bela seleção.
Virei sempre ao teu espaço.
Deixo um sorriso e uma estrela iluminando teu olhar,
Helena

1:55 da manhã  
Blogger France ✿ said...

Que ta journée soit agréable bise

7:36 da manhã  
Blogger helia said...

Bonito Poema !
Agradeço a sua visita a um dos meus blogs e gostei muito de conhecer o seu blog .

9:42 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home