domingo, novembro 23, 2014

ORAÇÕES DO AMOR

Eu não acreditava
Que simplesmente à luz d'um doce olhar
Tornasse a alma uma perfeita escrava.
      
Contudo, ò flor sem par,
Quando ontem, passando, tu me olhaste,
Mal imaginas que no mesmo olhar
A alma me levaste.
      
António Fogaça

5 Comments:

Blogger Cristina Cebola said...

Quem sabe, se com outro olhar a alma será resgatada...
Gostei muito...:)

12:08 da manhã  
Blogger Magia da Inês said...

♪♬° ·.
Às vezes isso acontece, mas nos dias de hoje já se tornou raro!...
Será que o amor verdadeiro perdeu a magia?

Boa semana!
Beijinhos do Brasil.♪° ·.
♪♬♫° ·.

1:35 da tarde  
Blogger Vera Lúcia said...


Olá Antônio,

Um doce olhar é fantasticamente poderoso e pode, sim, escravizar uma alma desavisada. Ainda considero o olhar 'fisgador'-rs.

Lindo e romântico.

Grata pela visita.

Abraço.

PS: Eliminei o comentário anterior, pois, por equívoco, pensei estar em contato com outro blogueiro amigo.

8:23 da tarde  
Blogger Vera Lúcia said...


Olá Manuel,

Que confusão eu estou fazendo por aqui-rs. Chameio-o de Antônio, mas, pelo que percebi depois, Antônio Fogaça é o autor da frase postada.
É que estou no blog e ao mesmo tempo ligada à TV, quando acontece um jogo que pode trazer um campeonato para o meu time. Desculpe-me, mais uma vez.

Abraço.

8:30 da tarde  
Blogger Pedrasnuas said...

A luz do olhar não torna a outra alma escrava.... mal de quem se deixa escravizar por claridades.... Há olhares que sabem conquistar...isso sim!

Obrigada e Felicidades também para si.

12:21 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home