segunda-feira, agosto 15, 2016

A ILHA DE SÃO MIGUEL

São Miguel _ ilha escondida
Debruçada à beira mar,
Da varanda florescida
Na voz da onda a rezar...

Ilha bela, ilha encantada:
A mão de Deus te formou
De uma estrela enamorada
Que do céu no mar tombou.

És do mar a noiva querida,
Num leito azul reclinada
Entre flores adormecoda,
Pelas ondas embalada...

És uma linda princesa,
Feita da luz do luar,
A reflectir a beleza
No vasto espelho do mar.

Ilha verde, verde terra,
Onde a desdita descansa,
Olhando o verde da serra,
Sentindo o verde da esp'rança.

Do céu os astros infindos,
Nos lagos a repoisar,
Em sonhos rubros e lindos
Fazem a alma sonhar...

São Miguel: _Do mar à serra
Tu tens do céu a beleza,
Na tela da Natureza,
Por Deus pintada na Terra.

Tu és a ilha da flor,
Tesoiro do mais fecundo:
Pérola de paz e amor,
Na concha imensa do Mundo!


Maria Isabel da Câmara Quental

11 Comments:

Blogger Elvira Carvalho said...

Infelizmente não conheço a ilha que tal inspiração deu à autora. Aliás,não conheço os Açores, com muita pena minha.
Um abraço e uma boa semana

7:59 da manhã  
Blogger Graça Pires said...

Um poema maravilhoso dedicado à ilha de São Miguel.Um poema para cantar ou ler em voz alta. Parabéns à autora.
Beijos.

11:13 da manhã  
Blogger Franziska said...

Gracias por el placer que me brinda la lectura de poesía en la lengua que está escrita y el ir desgranando, palabra a palabra, el mensaje que guarda.

Un abrazo. Franziska

12:00 da tarde  
Blogger Sara com Cafe said...

Que poema lindo e penetrante!!!

9:53 da tarde  
Blogger tulipa said...


OLÁ MANUEL

MUITO OBRIGADO PELA PARTILHA de tão lindo poema.

Já viajei muito - nunca é demais;

no entanto, ainda não fui aos AÇORES por falta de companhia, a sério.

Ando mesmo a ver se consigo realizar esse sonho.

AGRADEÇO também a visita e o comentário que deixou num dos meus blogues.

Tenho um post novo, se quiser visitar... só que é neste link:
http://pensamentosimagens.blogspot.pt/

Boa semana. Um abraço da Tulipa.

8:23 da tarde  
Blogger Lúcia Sousa said...

que lindo poema, nunca fui aos Açores, mas já ouvi maravilhas :)

10:43 da tarde  
Blogger MEU DOCE AMOR said...

Olá:

Uma maravilhosa viagem à ilha verde com belas flores, boa comida e boa gente.Ah!E o mar...azul infinito.

Beijinho doce

10:47 da tarde  
Blogger Franziska said...

Vuelvo a desearte un feliz fin de verano y quiero, además, agradecerte la enorme cantidad de presentaciones con temas del mayor interés que estás enviando a mi correo. Supongo que eres tú ¿No es verdad? Gracias por todo.

9:36 da tarde  
Blogger Existe Sempre Um Lugar said...

Boa tarde, a bela ilha merece lindas homenagem em reconhecimento à sua beleza natural.
Resto de boa semana,
AG

5:17 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Me placer volver a visitarte después de muchos años.Lindo poema.Te invito a leerme. caminantecaminemos.blogspot. con
Mi saludo con infinito respeto.

5:15 da tarde  
Anonymous Rosa Silva ("Azoriana") said...

À ilha de São Miguel e à minha

Retalhos de mente benta,
Pululando vai pelos ares
Tais belezas insulares,
P'ra nossa ficar atenta.

Da Ilha de São Miguel
Que de verde é tão linda
À vista de nós infinda
Das nove tem mais pincel.

Das nove ilhas dos Açores
São Miguel é a "matriz"
Insular é a raiz.

A minha tem outras cores
De tanta Festa que faz:
Terceira ilha lilás!

Rosa Silva ("Azoriana")

12:17 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home