domingo, abril 20, 2014

A MINHA CASA

CAIEI de branco a casa que não tenho.
Para iss, primeiro, pedra a pedra,
idéia a idéia, tive de edificá-la,
aqui deixando livre uma ampla janela,
e além, cerrandas, paredes para os livros.
Em arcas guardaria as roupas lhanas,
que por outras trocaria, quando velhas,
e no quarto de cama abobadado
repousaria à noite e amaria,
se não me apetecesse dormir antes na relva,
ao som à porfia dos rouxinóis e dos grilos.
     
Estaria sempre posta a minha mesa,
e quem aparecesse e fosse amigo
à vontade nela comeria
e beberia à vontade do que houvesse,
febras, enchidos, azeitonas,
saladas, pão trigueiro,
farta e sortida fruta,
e desde os vinhos leves, ou encorpados,
às várias aguardentes, fortes e perfumadas.
     
Tudo isto fiz, tudo isto quis
eu fazer num andar modesto de aluguer,
na cidade confusa,
tumultuosa e hostil.
Assim falhei o meu fado,
dia a dia igual, ao contrário de mim,
desenfadado e alegre,
por qualquer insignificância enternecido,
mas logo por uma ínfima injustiça
revoltado e raivoso.
     
        Armindo Rodrigues

8 Comments:

Blogger Sonhadora (RosaMaria) said...

Meu amigo

Hoje passando para desejar uma Feliz Páscoa , plena de amor e paz, junto de todos que te são queridos.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

12:33 da manhã  
Blogger tulipa said...

Chegamos à Páscoa,
e eu continuo só, triste e desamparada
...
as dores da alma dilaceram
o meu coração
quem sabe está perto
a partida deste mundo!

N'Os meus pensamentos
"quase"
me despeço da vida.

A Páscoa morreu
e, como ela
muitos irão morrer.

De qualquer modo, desejo,
num grande abraço,
uma Páscoa de esperança
junto aos seus.

OBRIGADA por fazer parte da minha vida virtual
ando muito afastada
mas lembro-me sempre de quem me fez bem, acredite.

5:11 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

"num andar modesto de aluguer,
na cidade confusa" caiar de branco a casa que não tem e enchê-la com tanta coisa apetecida... Uma ideia muito interessante neste poema.
Abraço.

1:17 da tarde  
Blogger Elvira Carvalho said...

Um belíssimo poema. Obrigada pela partilha.
Um abraço

1:55 da tarde  
Blogger ⊰✿⊱France ⊰✿⊱ said...

Je viens te dire bonsoir et j'espère que tu vas bien et que chez toi le soleil a brillé
bise

6:25 da tarde  
Blogger La Gata Coqueta said...



Hoy como es sábado debo comenzar deseando
que pases un maravilloso y genial fin de semana!!

Pero es diferente, a pesar de haber estado de viaje
unos días he regresado a tiempo para celebrar
en el día correcto el cumpleaños de La gata coqueta,
pudiendo reunirme contigo en familia para brindar.

Eres la casualidad más bonita que ha llegado a mi vida
y te invito a que me acompañes en este acontecimiento.

Siento una inmensa satisfacción al recordar todo
el cariño recibido durante estos seis años, salpicados
por la felicidad compartida, dibujando en el horizonte
del alba un paisaje muy difícil de mostrar con palabras.

Si plantamos una semilla de amistad
recogeremos un ramo de felicidad…

Y si por un casual no puedes acercarte,
te dejo el enlace para que tengas este detalle
hecho con mucha ternura como
recuerdo de este fantástico día.
http://dc617.4shared.com/img/2NYeExqWba/s7/1459ab24ea0/
Gato_Cumpleaos.jpg?async&rand=0.7479251901857024

¡¡Gracias por tenderme la mano de la amistad!!

Atte.
María Del Carmen


5:50 da manhã  
Blogger Sonhadora (RosaMaria) said...

Meu amigo

Passando agora para ler este belo poema, não conheço o autor, mas adorei ler.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

3:15 da manhã  
Blogger Pérola said...

Uma casa acolhedora e sempre em construção, na certa.

beijinhos

12:38 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home