quarta-feira, junho 11, 2008

AMOR OCULTO

YA de mi amor la confesión sincera
Oyeron tus calladas celosías,
Y fué testigo de las ánsias mías
La luna, de los tristes compañera.
Tu nombre dice el ave placentera
Á quien visito yo todos los dias,
Y alegran mis soñadas alegrías
El valle, el monte, la comarca entera.
Sólo tu mi secreto no conoces,
Por más que el alma con latido ardiente,
Sin yo quererlo, te lo diga á voces;
Y acaso has de ignorarlo eternamente,
Como las ondas de la mar veloces
La ofrenda ignoran que les da la fuente.

Don Manuel del Palacio

34 Comments:

Blogger Juliana Belo said...

Não se pode esconder esse segredo. Todo o mundo o pode ver... mas só quem deveria descobrir essa nossa realidade nao vê, não ouve, não sente o que a nossa alma grita desesperadamente.

Um poema que me arrepiou deveras...

Um beijo e obrigada pelos comentários...

12:20 da tarde  
Blogger Jacinta Correia said...

agora estou a aprender espanhol gosto mais ainda. lol. Bj

6:47 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Segredo

O meu amor, em sincera confissão
Ouviram os céus há tua beira
Uma testemunha, na oculta perdição
A lua, dos tristes, a companheira.

Teu nome disse, a ave prazenteira
A quem eu visito todos os dias
Alegra minhas sonhadas alegrias
Vale, o monte, a paisagem inteira.

Só em ti o meu segredo não se sente
Por mais que a alma suspire ardente
E sem eu querer te o diga por vezes

Hás-de ignorá-lo eternamente!...
Como as ondas do mar, no horizonte
Oferta ignoram que lhes dá a fonte!


Bem, não ficou tão bonito como o de Don Manuel Del Palacio, mas foi a minha tentativa meio (muito) alterada na tradução, de fazer uma poesia com tão lindos versos...gostei das palavras...e ficam mais belas ditas em voz alta...soam a música ...muito bonito este poema Don Manuel :)obrigada pela partilha!

Beijinhos

11:45 da manhã  
Blogger BETTINA PERRONI said...

En español Manuel!!! =)
Shhh, no le digas a nadie, el amor oculto es un secreto cómplice entre mi alma y yo.

Besitos :)

6:24 da manhã  
Blogger mundo azul said...

...bonito!!! Um poema reflexivo...
Beijos de luz e muita alegria no seu coração!!!

1:14 da tarde  
Blogger mariam said...

lindo!este oculto amor... obrigada por divulgar.

bom vir aqui...

um sorriso :)

1:29 da tarde  
Blogger Martinha said...

Muito bonito!
Esperava q esse amor oculto fosse consumado e feliz. Era óptimo.
Beijo *

7:48 da tarde  
Anonymous Célia said...

Ola mocinho, tudo bem ?
Vim aqui manoel lhe desejar um bom fim de semana.
Beijos
Célia

1:22 da manhã  
Blogger Ana said...

Quantos poetas desconhecidos , nos desvendas! Obrigada.
Um beijo e bom fim de semana.

1:41 da manhã  
Blogger Lyra said...

Fantástico poema. Obrigada pela partilha.

Beijinhos e até breve.

P.S.- Obrigada, do fundo do coração, pela força que me deste com o teu comentário!

2:31 da tarde  
Blogger Renata Maria Parreira Cordeiro said...

"NESTA VIDA HÁ MISTÉRIO E N´ALMA O IRREVELADO", TRADUZI UM POEMA FRANCÊS CUJO PRIMEIRO VERSO ERA ASSIM, JUSTAMENTE COMO ESTOU ME SENTINDO HJ. POSTEI HJ SOBRE STARDUST, O MISTÉRIO DA ESTRELA E SOBRE A II PARTE DA DAMA E O UNICÓRNIO. VÁ LÁ E DEIXE O SEU COMENTÁRIO. SE AINDA NÃO PÔS COMENTÁRIO EM PARIS, EU TE AMO, APROVEITE A OCASIÃO.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
BEIJOS, CADA VEZ GOSTO MAIS DE VCS
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO

7:38 da tarde  
Blogger Maria-sem-vergonha said...

Muito bacana o seu canto.
Voltarei mais vezes.
Poema bonito.
Um beijo

10:51 da tarde  
Blogger AGUALUNA said...

Que bello escrito al Amor Oculto, ese que muchas veces guardamos tan en silencio por miedo al rechazo o por ser un amor prohibido.

Gracias por tus palabras De Propòsito y por tu visita.
Un saludo inmenso

Agualuna

2:11 da manhã  
Blogger instantes e momentos said...

Parabens muito bom teu blog.
Maurizio

10:54 da manhã  
Blogger Cöllyßry said...

Quantos corações sofrem de amor oculto,Belo poeta que não conhecia...

Meu doce beijo

7:41 da tarde  
Blogger katina said...

Es dificil mantener oculto un sentimiento asì como el que describes , en algun minuto quieres gritar a todos los vientos lo que siente tu corazòn.

Que ya no cabe dentro de tu pecho tanto Amor .

Un bello texto querido Manuel.

Un fuerte abrazo y buena semana.

8:59 da tarde  
Blogger Freyja said...

bellos versos que logran que el amor sea oculto y en silencio
un abrazo muy grande amigo y que estes muy bien
una bella semana y besitos


besos y sueños

2:51 da manhã  
Blogger Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Esse poema é tão lindo que, mesmo doente como estou, não posso deixar de apreciá-lo. Há vários poemas em castelhano, traduzidos por mim, do século quinze, acho que até de antes, no meu blog. Estou de cama, problemas cardíacos. Meu passatempo são vcs, blogueiros. Ontem, fiz um post em intenção de uma amiga. Passe por lá e se achar que merece um comentário seu, deixe-o. O mesmo vale para o post anterior, Stardust.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um abraço, meu amigo,
Renata

5:03 da tarde  
Blogger Olhos de mel said...

Oie lindinho, o amar acaba se tornando inviável esconder, porque ele salta aos olhos, ao ar, enfim em tudo. Belo poema!
Boa semana! Beijos

2:22 da tarde  
Blogger alma said...

La luna...testigo y compañera...

9:16 da tarde  
Blogger Menina do Rio said...

O que as palavras calam, os olhos falam...

Deixo-te um beijo, Manu

9:17 da tarde  
Blogger Adam & Eva said...

Un saludo un abrazo me ha encantado

12:09 da manhã  
Blogger Flor said...

Será oculto este amor?
Deveras tentamos ocultar/mostrar o nosso amor ao ser amado...
Beijitos

12:40 da manhã  
Blogger tulipa said...

Olá Manuel

Vim cá por vários motivos:

1º - convido-te a vir espreitar uma associação desconhecida de muita gente e tantos lugares que merecem ser visitados , não só pela sua beleza, mas também pela preocupação em preservar o ambiente.

2º - dar-te os Parabéns, pela tua escrita, sempre perfeita e agradável.

3º - queres dar um passeio aos glaciares nas tuas férias de Verão?
Vem aos meus Momentos Perfeitos e vê, ficas com uma ideia...

Deixo-te um abraço com saudades.

1:23 da manhã  
Blogger Carla said...

belo e refrescante poema
beijos nada ocultos

10:07 da manhã  
Blogger Lyra said...

Passei por aqui só para deixar um beijinho.

Até breve.

;O)

12:52 da tarde  
Blogger SAM said...

Lindo poema que encerra metáforas amorosas numa confissão tocante.

Beijos, amigo!

4:20 da tarde  
Blogger Azul said...

Los amores ocultos que nos llenan y vacían...

Bikiños!!

5:32 da tarde  
Blogger Renata Maria Parreira Cordeiro said...

E o lindo poema permanece,impávido, como merece. EStou doente há tanto tempo que nem sei o que falo. Mas sei da beleza deste poema, da qual já comentei. Mesmo doente, fiz uma postagem hj, logo abaixo da Trilogia, chamada "Curtas sobre filmes imperdíveis". Apareça por lá.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
um abraço,
Renata

10:19 da tarde  
Blogger Blanca said...

Gracias por pasar a visitarme y dejarme tu huella. Me ha encnatado esta frase: "Como las ondas de la mar veloces"
Seguiré pasando a visitarte...

10:54 da manhã  
Blogger Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Hj não estou podendo fazer muitos comentários porque descobriram o meu mal,algo inesperado, meio sério e vou ser operada. Mas deixei um presente para vcs, uma resenha.
Apareçam por lá:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata
PS: Estou mandando a mesma mensagem a todos por motivos óbvios.

7:19 da tarde  
Blogger SAM said...

Ótimo fim de semana amigo!

Beijo

1:54 da manhã  
Blogger Ana R said...

El amor..eterna e imperecedera musa...

Abrazos

11:15 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:49 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home