segunda-feira, outubro 13, 2008

VOY A APAGAR LA LUZ

Voy a apagar la luz
para quedarme a oscuras con tu rostro,
para inventar de nuevo aquel instante:
intimidad etérea y fulminante,
piel en la voz,
voz en el canto,
en la mirada...
Voy a apagar la luz
porque la oscuridad me obliga a dibujarte,
me da la dulce libertad de juntar las ternuras,
de calcar las ansias y borrar las soledades...
Voy a apagar la luz
para pensar en ti.

Viviane Nathan

66 Comments:

Anonymous Luisa said...

A poesia em castelhano tem uma musicalidade difícil de encontrar noutros idomas. Tem é que se ler em voz alta....

1:37 da tarde  
Anonymous Sônia said...

Que lindo...apagar a luz, para pensar em ti...


Um abraço!

2:37 da tarde  
Anonymous Magui said...

Com a luz acesa é melhor!!!

3:23 da tarde  
Blogger Raquel Fernández said...

Gracias por visitarme. Muy bello tu blog (ay, espero que me entiendas!!!)
Un abrazo enorme desde Buenos Aires!

4:12 da tarde  
Blogger Maria Liberdade said...

Apagar para imaginar um amor... Que se vive com a luz acesa.

5:19 da tarde  
Blogger ☆Fanny☆ said...

O Outono, meu amigo da blogosfera surpreendeu-me com um selo de amizade... Confesso que ganhei um sorriso no coração e o meu horizonte encheu-se de estrelas....

E porque a minha admiração por ti é imensa, quero presentear-te com o selo da amizade.
Podes ir ao meu blog vê-lo e passares aos teus amigos da blogosfera.


Obrigada por me ajudares a recuperar os pps que perdi...

Um abraço de estrelinhas*



Fanny

6:38 da tarde  
Anonymous Ela said...

Humm vou ali apagar as luzes pra sentir essas sensações tão bem musicalizadas no poema...
Bjocas

7:13 da tarde  
Blogger Nataliinha said...

Bom poema.
E em espanhol ainda...
da aquele toque de sensual...

Bjs =)

8:21 da tarde  
Blogger Professorinha said...

Basta fechar os olhos para pensarmos em quem amamos...

8:40 da tarde  
Blogger Janete Andrade said...

'Voy a apagar la luz
porque la oscuridad me obliga a dibujarte,
me da la dulce libertad de juntar las ternuras,
de calcar las ansias y borrar las soledades...' *.*
lindo, parece comigo. --'

;*

10:14 da tarde  
Blogger pin gente said...

lindo, manuel
e em castelhano melhor ainda
tem palavras belíssimas

beso
luísa

10:15 da tarde  
Blogger Lyra said...

Muito, muito bonito!

Beijinhos e até breve.

;O)

10:31 da tarde  
Blogger Malena said...

Apagar la luz para imaginar su rostro y acariciarlo. Para imaginar que está a nuestro lado y decirle mil palabras de amor.

Beijos, Manuel.

10:48 da tarde  
Blogger Martinha said...

A luz apagada cria um ambiente especial, que pode suscitar várias sensações diferentes.

Beijinho *

10:57 da tarde  
Blogger Cecilia said...

Muchas gracias pro pasar por casa y dejarme ver lo maravilloso que es este post!


Yo hoy prendi la luz...
y fue para darme cuenta del engaño.

Prendo la luz para salir del ensueño...

Ojalá algun día pueda recuperar la confianza para apagarla nuevamente...



Nos vemos, besote!

1:07 da manhã  
Blogger Nanda Nascimento said...

Lindo!!
Obrigada pela sua visita
no meu jardim, volte sempre!!

Beijos e flores!!

2:38 da manhã  
Blogger Janete Andrade said...

bom feriadão! =*

1:52 da tarde  
Blogger Carla Silva said...

Lindo este poema que irradia sensualidade.
Beijinhos e um bom feriado.

3:45 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

Apagar a luz... Há a luz do olhar.
Um beijo.

4:45 da tarde  
Blogger S&S said...

olá! Os teus trabalhos são mesmo lindos! muitos parabéns! ADorei o teu blog! Voltarei mais vezes!

Já agora aproveito para te convidar a visitar o meu blog de leilões:) tem sido uma loucura:) http://www.saesu.blogspot.com/

beijokas
Su

6:03 da tarde  
Blogger ** MARÍA ** said...

Precioso poema el que has posteado. SInceramente muy pero que muy bello.

Cuantas veces habremos apagado la luz, y en esa intimidad absoluta y oscura habremos iluminado momentos tan bellos.

Besos tiernos y dulces para ti.


** MARÍA **

10:04 da manhã  
Blogger Vicky said...

Maravilloso poema.... recordar es hermoso y mas cuando la oscuridad es nuestro cómplice....
Un bello espacio tienes... quiero agradecerte tu huella en la mía....
Un abrazo

1:06 da tarde  
Blogger Bruxinhachellot said...

Penso que esse "apagar a luz" seja uma forma de meditação. Como se apagando os problemas e os acontecimentos diários pudéssemos ficar ligados apenas em nossos sentimento e aí seria o caso de pensar no outro.

Beijos de alma.

1:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olá, passei aqui por acaso. Parabéns pelo espaço. Espero que me visites em:

http://oslivrosqueninguemquisdaraler.wordpress.com

Http://tachospanelasecolheresdepau.wordpress.com

Um abraço,

Sónia Pessoa

5:39 da tarde  
Blogger Patricia Gold said...

Este poema es mortal !(como decimos en Argentina)
Mil gracias por visitarme....
y como te veo linkeada también en el blog de Malena te aviso :
en mi blog le preparé una sopresa para ella, está llegando de viaje..igual la dejaré hasta mañana..me agradaría que estuvieras..allí..
YO solo soy la que presta el espacio.
besos miles y apaguemos la luz para pensar en ti

Me encantó tu blog!!!! felicitaciones....
volveré

besos , besos y más besos

Patry

7:27 da tarde  
Blogger SAM said...

Que bonito! A intimidade romântica.

Grande beijo

11:16 da tarde  
Blogger Maresi@ said...

Ola...

Gostei deste poema...tao sonante..

Grata pela visita ao meu blog....

beijo suave___maresia

11:20 da tarde  
Blogger Viviana said...

Olá de -propósito!

Passei por aqui para lhe agradecer a sua visita ao meu blog.
Foi uma surpresa!

Quanto ao seu blog, acho-o muito lindo e muito interessante!

Tanta poesia tão bela!

Eu acho que não sei viver sem a poesia!
Não conhecia a Viviane Nathan e olhe, fui ao google pesquisar sobre ela e fiquei encantada!
Afinal ela nasceu lá para as minhas bandas!
Daí talvez tambem chamar-se Viviana!

Conto passar por aqui sempre que possa.
Um abraço
e uma boa noite

viviana

12:13 da manhã  
Blogger Samira said...

Bonita poesia, apesar de eu não ter entendido todas as palavras. E valeu elogio no meu blog! Continue visitando-o. =)

7:17 da manhã  
Blogger Rute said...

Doce.. =D Gsotei!

4:53 da tarde  
Blogger elvira carvalho said...

Um belo poema.
Bom Domingo.
Um abraço

7:50 da tarde  
Blogger mariam said...

fantástico poema!
obrigada por dar a conhecer «Viviane Nathan»
vou querer conhecer melhor a escrita desta Srª nascida em Montevideo...

boa semana e um sorriso :)

2:21 da manhã  
Blogger Menina do Rio said...

Para inventar de novo aquele instante...
E juntando ternuras acalmam-se as ânsias!

Um beijo Manu

7:51 da manhã  
Blogger Dalaila said...

e assim a luz fica para sempre dentro de nós e ilumina.

2:42 da tarde  
Blogger lanobil, said...

La paz me obliga a poblarte.
Un tierno poema.
Un saludo y espero que puedas visitarme.

6:48 da tarde  
Blogger Olhos de mel said...

Oie meu amigo lindo! Estou tentando retornar, após um longo período de afastamento.
Lindos versos! Conheço uma musica de Luiz Miguel, que fala mais, ou menos, a mesma coisa e é linda!
Boa semana! Beijos

10:56 da tarde  
Blogger lua prateada said...

É verdade que com a luz apagada conseguimos sentir mais e melhor nossos sentimentos.
Gostei do teu cantinho.
Beijinho prateado com carinho
SOL

1:35 da tarde  
Blogger Angra Damasceno said...

..Apesar de não ter entendido tudo que estava escrito..cosegui entender grande parteee.!!
e achei lindoo..xD
esse e os outros textoss.

obrigadinhaa pela visitaaaa.!

xD.

5:15 da tarde  
Blogger nana said...

não conhecia.... lindíssimo.

obrigada por tua visita
e por este partilhar.



..

5:37 da tarde  
Blogger Claudya said...

Que linda poesia! Não conhecia essa escritora. Bjsc

8:33 da tarde  
Blogger Betty Branco Martins said...

____________olá__________:))







excelente poema









sem



dúvida





que com



a________luz apagada






a intimidade







vive-se.sente-se







doutra______maneira____...









beijO______C____carinhO

9:47 da tarde  
Blogger Alejandra said...

Y si la uz se apaga y sigo contigo en mi corazón, es por que lo nuestro es grande y brilla más que mil luciernagas.

Muchos besos,
hermoso poema.

7:18 da tarde  
Blogger GABY said...

que hermoso!!!!!!!!


besitos!

2:43 da manhã  
Blogger BETTINA PERRONI said...

Sabes querido Manuel que eso lo hago a menudo?... apago la luz y me quedo despierta viendo la oscuridad y dibujando en ella como un lienzo sostenido en la nada... ahí pongo colores, nombres y hasta rostros.

Bello poema :)

6:32 da manhã  
Blogger Leonor said...

ola manuel
é evidente que os problemas se amontoam
apenas quis brincar com a situaçao.
beijinhos

8:52 da manhã  
Blogger kakauzinha said...

Gostei muito, profundo e romântico.

Na escuridão também podemos encontrar os traços de quem amamos, porque fechamos os olhos e vemos como o coração.

Beijinhos azuis****

11:51 da manhã  
Blogger fgiucich said...

En la oscuridad de la noche, uno tiene la libertad de dibujar los sentimientos de una manera muy especial. Abrazos.

12:09 da tarde  
Blogger CATARINA POETA said...

Belo poema! Lembra-me o estilo de Pablo Neruda, cujos versos amo e admiro profundamente. Gostei do blog. Obrigada por tua visita.
Cataria Poeta

12:43 da tarde  
Blogger María said...

Muchas gracias por tu visita a mi blog.

Me encanta lo que has escrito, y es que, hay cosas, que se pueden apreciar mejor, a oscuras, desde el silencio.

Saludos.

4:24 da tarde  
Blogger lua prateada said...

Saboreando com meu olhar
Este imenso rio
Sinto seu cheiro,
Sua grandeza, imensidão
Sua pureza...quando enche ...desvastidão
Mas como é bom saborear com o olhar
Toda esta imensa natureza e
Sua grande beleza.
Vamos todos este fim de semana saboreá-lo e que seja óptimo...
Beijinho prateado
SOL

11:40 da tarde  
Blogger Poetiza said...

Hola, que bellas letras. -Voy a apagar la luz para pensar en ti- Te dejo mis saludos desde Mexico.

6:05 da manhã  
Blogger Sara said...

Hola! gracias por tu visita a mi casita, yo cortesmente vengo a la tuya a verte a ti y me ha gustado encontrarte, me encanta la poesía a(sobre todo de autores no muy conocidos que hacen obras maestras) asi es que volveré...seguro por aquí.
Tú sigues invitado a la mia casa
un saludo

9:43 da manhã  
Blogger Dalaila said...

e essa luz tem cor!

11:38 da manhã  
Blogger Margarida said...

passo para desejar um fantastico fim de semana..
um beijinh

4:10 da tarde  
Blogger elvira carvalho said...

Antes que apaguem a luz, vou aproveitar para desejar um bom fim de semana, e deixar um abraço

9:52 da tarde  
Blogger Liz / Falando de tudo! said...

"Apagar a luz e pensar em ti..."
Muito obrigada por visitar meu cantinho, eu fico muito feliz, espero que volte sempre que quiser.
Tenha um otimo fim de semana, eu tô correndo, tenho convidados em casa, mas volto aqui logo que eu puder!
Abraços,
Liz

9:48 da manhã  
Blogger Lunae said...

Despues de mucho tiempo sin pasarme por aqui...por motivos de tiempo...vuelvo a este calido lugar...donde siempre se encuentran hermosos poemas...me encanto el de hoy

MOITOS BICOS!!!!! Espero que todo bien.Buen fin de semana!!!!!

4:35 da tarde  
Blogger Cristina said...

Qué preciosidad de poema. Un placer pasarse por tu blog.

8:36 da tarde  
Blogger Angela Teresa Grigera said...

Gracias por visitar mi blog, he recorrido el tuyo y esta lleno de preciosos poemas que tambien inspiran a escribir.
Un saludo afectuoso

anngiels

www.enmemoriadetuamor.blogspot.com
www.poemasparamiamor.blogspot.com

5:09 da manhã  
Blogger marina said...

No conocía a Viviane Nathan...gracias...

A veces la oscuridad más profunda abre las puertas de los colores y de las luces que a simple vista no cazamos.

Gracias por tu visita.

Saludos,
:-)

12:05 da tarde  
Blogger Ana R said...

A veces , hasta la luz puede profanar los recuerdos, sí.Una belleza de poema, amigo.Una belleza.

Besos

7:56 da tarde  
Blogger nana said...

lindíssimo......


obrigada por esta partilha.

5:20 da tarde  
Blogger ...solo una mujer. said...

La luz concreta demasiado las imágenes, por lo que no hay cabida a las sensaciones.. por eso, mejor apagar la luz y poderlas percibir sin contornos (cortantes), solo en esa intimidad del alma...

Gracias por estos versos escogidos.

Un beijinho, obrigada...

10:41 da tarde  
Blogger mariam said...

hoje, com mais tempo, revisitei com calma o seu "lugar"...

belíssimas escolhas, parabéns!

bom Domingo
uma semana fantástica

um sorriso :)

8:09 da tarde  
Blogger Raquel Fernández said...

Qué bonito, Manuel. Me gustó muchísimo. Un abrazo.

1:48 da manhã  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:43 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home