sexta-feira, fevereiro 29, 2008

NOIVADO ESTRANHO

Quisera amar-te muito, ó Gémea do Luar,
Num sonho excepcional, só de carícias feito,
Abendiçoar o céu na luz do teu olhar,
E a alma adormecer na curva do teu peito;

Quisera amar-te sempre, ó Doce como arminho
E casta como a pomba em seus arrulhos doces...
E, em troca deste amor, viver do teu carinho,
Que eu não vivia, não, Mulher, se tu não fosses!

Passar a vida inteira a ver-me nos teus olhos,
Apenas ter ventura em vez de ter abrolhos,
Beber o teu sorriso, e as mágoas esquecê-las...

E quando a morte viesse e nos levasse a ambos
Realizarmos então os desejados tambos,
Na igreja do Além... em meio das estrelas.

José Duro


36 Comments:

Anonymous Jofre Alves said...

Passei para ver e visitar o blogue e fiquei deliciado com António Feijó, poeta que muito aprecio. um blogue de cinco estrelas. Boa semana.

2:46 da manhã  
Blogger As Sombras de Fim do Dia said...

Lamento a invasão, mas as palavras do poema prenderam-me aqui. Gostei muito. Posso voltar?

Bom wk

10:28 da manhã  
Blogger fgiucich said...

Es un conmovedor poema de amor. Abrazos.

11:03 da manhã  
Blogger M@ri@ said...

Ola meu lindo amigo

desculpa esta minha ausencia,mas estava sem pc.
Vim desejar te um lindo fim de semana cheio de muita paz.
deixo te um beijo doce
M@ri@

11:32 da manhã  
Blogger elvira carvalho said...

Mais um sonetode um poeta que não conheço.
Bom fim de semana
Um abraço

Bom dia amigo. Acabaram de me deixar um aviso de que estão a enviar vírus para os blogs. Diz que é um comentário que tem escrito Here, Não tente ver quem é delete imediatamente se lhe aparecer.
Não sei se é verdade, mas mais vale pevenir...
Um abraço

1:02 da tarde  
Blogger Martinha said...

Quisera viver um amor puro e belo...
Um soneto bonito! :)

Beijo *

2:34 da tarde  
Blogger AURORA ( LOLA ) said...

Passar a vida inteira a ver-me nos teus olhos,
Apenas ter ventura em vez de ter abrolhos,
Beber o teu sorriso, e as mágoas esquecê-las...

E quando a morte viesse e nos levasse a ambos
Realizarmos então os desejados tambos,
Na igreja do Além... em meio das estrelas.






Olá obrigado por visitar o meu blog e pelo comentário lá deixado também adorei o seu está muito bonito vou voltar de novo para ler tudo com mais atenção.





bjs E VOLTE SEMPRE TEREI MUITO GOSTO.

3:08 da tarde  
Anonymous Luisa said...

É uma vergonha mas nunca li nada do José Duro. E ele é o nome duma rua aqui do meu bairro...
Poesia bem romântica!

6:14 da tarde  
Blogger katina said...

"Passar a vida , inteira e olhar-me em teus olhos"

a vida inteira , plenitude que atinge toda a vida mesma .

" beber teu sorriso" ,
como neste deserto consumido pela sede de um gesto de amor.

¡como se faz quando queres olhar aqueles olhos e não conheces seu rosto?

Precioso poema , que nos sacode com seu amor.
Um abraço.

2:37 da manhã  
Blogger Jacinta said...

"Abendiçoar o céu na luz do teu olhar" - que expressão linda.
Prá mim, o contraponto do poema, que prende meus olhos em cada verso.
Uma abraço
Jacinta

1:47 da tarde  
Blogger Nostálgica said...

Que lindo poema.~
Um bjnho.

5:44 da tarde  
Blogger muxica said...

Amor eterno.
Un bico desde Galicia

8:42 da tarde  
Blogger Marinha de Allegue said...

Fermosos versos.
Agradecida pola visita.

Unha aperta.
:)

8:54 da tarde  
Blogger Humberto Acciarressi said...

Amigo/s: llego desde Buenos Aires a invitarte a participar con tu opinión sobre la poesía. Hay una entrada del día 27 de febrero donde hago la presentación formal. Y todos los interesados pueden hacer lo mismo. Los espero y los saludo.

12:10 da manhã  
Blogger pentelho real said...

não, não digo que sou uma inveterada leitora de poesia.
mas já li muita e não conhecia José Duro.

achei lindo o poema.
um poema de amor onde a esperança não morre.

12:50 da manhã  
Blogger BETTINA PERRONI said...

Acredito que ele sempre a amará. Este poema deixa-me saber o lado suave do autor. Gosto de ele muito.

2:03 da tarde  
Blogger ISOBEL said...

que lindas palabras... que libertad mas arropada, besos

6:30 da tarde  
Blogger Sereia Azul* said...

Foi aqui que encomendaram?

|““““““““““““““““““““““““||_
|...............*AMOR*...........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*CARINHO*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*ALEGRIA*.........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*AMIZADE*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|........*FELICIDADE*.......|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)

Entrega feita!
Participa na campanha FAZ UM AMIGO FELIZ!!!
Manda esta encomenda p/ todos os teus amigos.
Espero estar incluído nessa lista........
Vou fazer outra entrega ...fuiiiiiiiiiiii

Sereia Azul*

10:39 da tarde  
Blogger Freyja said...

Mí querido amigo gracias por tus saludos y por tu compañía todo este tiempo, deseo que estés muy bien, mil gracias por tus palabras, ya estoy de vuelta, un abrazo muy grande para ti.
Mil disculpas si no te he contestado antes, pero he estado enferma y eso me ha tenido alejada de todo
Pero voy lentamente saludando a cada amigo a medida que puedo y te dejo un gran abrazo, ya estoy de vuelta en las letras
Te dejo todo mi cariño y que estés muy bien
Mil besitos y cuídate

Besos y sueños

11:02 da tarde  
Blogger Fernanda Papandrea said...

lindo!

muito delicado! ;)

beijos

11:29 da tarde  
Blogger Olhos de mel said...

Oie meu amigo lindo! Enfim voltando aos poucos. O poema pode até ser de um Noivado estranho, mas é lindo!
Beijos

11:36 da tarde  
Blogger Menina do Rio said...

Manu, só hoje consegui entrar no teu blog. Não sei o que se passava. Agora que vi o título do poema; tinha-o lido sem o título, rs...
O desejo do poeta é tão intenso e ao mesmo tempo parece-lhes impossivel de realizar a não ser com a morte...

Um beijo no teu coração

12:30 da manhã  
Blogger Gerardo Omaña said...

Es para mi muy satisfactorio hacerte llegar mi emoción de agradecimiento por el estímulo que con tus comentarios en mi blog han hecho posible la NOMINACIÓN para optar al premio Premios Pequeño Principe 2008

Es gracias a ti, al igual que los demás posedores de un blog que con tanto afecto nos comuniquemos la magia que en ellos se encierra.

Ya se abrió la etapa de votaciones. La pagina donde estamos los nominados es la siguiente:

http://premios-principito.blogspot.com/2008/01/votaciones.html

Al final de ella se encuentra; publicar comentarios, y entonces se pega el ID de su preferencia. El ID que me corresponde es: ID.080244 GERARDO "Imaginaria"
En caso que tu deseo sea por otro colega nominado puedes copiar Su ID.

Con mi agradecimiento. Recibe un abrazo para tu alma.

5:35 da manhã  
Blogger Carla said...

palavras que nos aprisionam à sua beleza

1:50 da tarde  
Blogger Martinha said...

Tens um prémio no meu blog para ti. Vai lá ver! *

9:03 da tarde  
Anonymous Sônia said...

Bonito...
Noivado estranho mesmo...rs



Um abraço!

12:58 da manhã  
Anonymous Sônia said...

Suas palavras são de uma doçura extrema...rs
Todas as outras são crueldade.



Boa tarde!

5:45 da tarde  
Blogger Wilhemina Queen said...

Vengo a agradecerte tu comentario en jardin haiku.
un abrazote!

6:44 da tarde  
Blogger SAM said...

Lindissimo poema. Do jeitinho que aprecio. Obrigada por esta brisa fresca e leve que me trouxeste a através deste post.

Beijos

8:04 da tarde  
Blogger Poesia Portuguesa said...

Gosto de aqui vir ler a Poesia que partilhas...

Deixo um abraço e um bom fim de semana ;)

12:21 da tarde  
Blogger Anne Baylor said...

"Passar a vida inteira a ver-me nos teus olhos"...
Que doce...
Que intenso..


Perfeito demais.


beijo enormE.

3:12 da tarde  
Blogger AURORA ( LOLA ) said...

olá, obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário lá deixado, também gostei muito do seu voltarei mais vezes para o ler com calma e teri muito gosto de o ver lá pelo meu.




bjs volte sempre.



http://aurorasilva.blogspot.com/

3:40 da tarde  
Blogger poeta_silente said...

Oi, Manuel!
Quisera eu poder dizer: - Quisera amar...
Deus te abençoe.
Beijos saudosos.
Miriam

4:00 da tarde  
Blogger Bruxinhachellot said...

Uma bela poesia em homenagem a mulher.

Beijos surrealistas.

4:11 da tarde  
Blogger Madalena Barranco said...

Olá Manoel, este poema antes de ser estranho, o que eu não acho que é, poeta sobre o verdadeiro amor que não vê limites nas estrelas. Parabéns ao autor, que me encantou com sua arte. Beijos.

11:31 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:52 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home