terça-feira, janeiro 01, 2008

EM TODOS OS JARDINS

Em todos os jardins hei-de florir,
Em todos beberei a lua cheia,
Quando enfim no meu fim eu possuir
Todas as praias onde o mar ondeia.

Um dia serei eu o mar e a areia,
A tudo quanto existe me hei-de unir,
E o meu sangue arrasta em cada veia
Esse abraço que um dia se há-de abrir.

Então receberei no meu desejo
Todo o fogo que habita na floresta
Penetrado por mim como um beijo.

Então serei o ritmo das paisagens,
A secreta abundância dessa festa
Que eu via prometida nas imagens.

Sophia de Mello Breyner Andresen
Nasc. 6/11/1919 Fal. 2/07/2004

61 Comments:

Blogger poeta_silente said...

Meu querido!
Que linda poesia!!!!!!!
Aí já é o ano de 2008. Aqui, ainda faltam 90 minutos.
Assim, estamos separados por um ano.
Mas...nada disto. Estamos unidos pelo desejo de fazer melhor, sermos melhores, vivermos nossos sonhos...
Somos,todos nós que ainda temos esperança, a própria esperança do mundo.
Eis o grande desafio: termos esperança para podermos ser a esperança.
Beijos 1000.
A partir de agora, és esperança.
+ beijos
Miriam

12:34 da manhã  
Blogger Tiago Nené said...

belo blogue. mts parabens:)

Tiago
(www.tiagonene.pt.vu)

Bom 2008!

3:00 da manhã  
Blogger Ceci said...

Hola! no entiendo mucho, aca devolviendo gentilezas, gracias por pasar por mi blog :)

Espero tengas un excelente año!

Te mando un saludo.

Cecilia

4:22 da manhã  
Anonymous Nina said...

Feliz 2008 Manuel

cheio de amor e poesia.

12:35 da tarde  
Blogger tufa tau said...

qualquer abraço que nos presenteiam
traz amores que nos enfeitiçam
como as ondas do mar que serpenteiam
nas areias que na praia se espreguiçam

fingem elas bater seu manso manto
desfazem-se em beijos cor da espuma
fantasia a areia fugir com grande espanto
daquela maravilhoso abraço feito bruma

5:21 da tarde  
Blogger Professora said...

Mais um ano que começa e é altura de deixar um beijinho aos nossos amigos. Obrigado por existiram

5:21 da tarde  
Blogger Alice Matos said...

Bem... quantos postes teus perdi nestes dias... Desculpa... estou a pôr em dia... Mas acertei em cheio na volta... começas o ano com Sophia... E que poema este...

Bom ano para ti, amigo... como mandam as convenções e... como me ditam os desejos do coração...

Beijo...

6:06 da tarde  
Anonymous Sandra Daniela said...

bastas-nos fechar os olhos e sermos o que qisermos, e o que quisermos... somos...Esperança!!!

:-)

8:08 da tarde  
Blogger Sophiamar said...

Que o Ano Novo seja de paz. Que a alegria, o amor, a amizade, a saúde te acompanhem sempre.

Beijinhosssss

11:39 da tarde  
Blogger MAR said...

Muy bello.
FELIZ 2008 TE DESEO CON MUCHO CARIÑO.
mar

4:18 da manhã  
Blogger Olhos de mel said...

Meu amigo lindo! Mais um belo poema que nos brinda o Ano Novo!
Beijos

12:32 da manhã  
Blogger Jacinta Correia said...

O ano começa em grande com a poesia de Sophia. Feliz 2008!! bj

2:15 da tarde  
Blogger ContorNUS said...

Excelente escolha a partilhar...

voltarei
;)

9:14 da tarde  
Blogger Acordomar said...

Ola Manuel

Sabe sempre tão bem ler a Sofia
Tem um bom ano 2008
Bjss

9:46 da tarde  
Blogger elvira carvalho said...

Sempre uma delícia ler Sophia. E sempre muito bom vir ao seu blog. E deixe-me fazer-lhe uma pergunta, já que aqui ando há poucos meses. Algum dia postou Alda Lara?
Um abraço e um excelente ano

11:28 da tarde  
Blogger MalucaResponsavel said...

Para te desejar um optimo 2008!!! bj

6:11 da tarde  
Blogger Maria Clarinda said...

Sophia!!!Lindo.
Um optimo 2008.
Adorei andar pelo teu cantinho

6:17 da tarde  
Blogger kukilin said...

Manolito. ¡Que linda poesía!
Te abrazo muy fuerte querido amigo.

10:06 da tarde  
Blogger Maria Luar said...

Deixa ficar comigo a madrugada
É noite de lua cheia

abracinho

*
xi
*

10:23 da tarde  
Blogger Professorinha said...

Desde que tenha mar e areia já me adoça a mente :)

Fica bem

10:29 da tarde  
Anonymous Célia said...

Ola Manuel, como vai ?
Um lindo 2008 a vc. e tudo de bom na sua vida.
Abraços
Célia

11:07 da tarde  
Blogger Dalva Ferreira said...

Belo poema... um abraço apertado!

1:09 da manhã  
Blogger GABRIELA......... said...

HOLA
QUE LINDA POESI TIENE UNA MAGIA ESPECIAL
LO MEJOR PARA TI ESTE 2008
PASALO GENIAL
UN BESO

2:36 da manhã  
Blogger claudia said...

un abrazo manuel, espero que este año sea de crecimiento, y creación

besos para vos
claudia

quiero aprender portugués, quiero entender estas poesías, tan hermosas :)

3:17 da tarde  
Blogger SAM said...

Manuel que lindo! Adoro Sophia...


* Não ..com sereia não é pecado rsrs. Que Iemanjá realize seus sonhos.


Beijos

9:05 da tarde  
Blogger Freyja said...

Mí querido amigo gracias por tus saludos, la verdad te doy las gracias por tenerte cerca, que estas fiestas hayan sido muy lindas y te deseo un 2008 como te lo mereces lleno de amor, y siempre con esa lucha tan generoso para todos y no cambies nunca, un feliz día de Reyes
Mil disculpas si no te he contestado antes, pero estoy enferma y eso me ha tenido alejada de todo
Pero voy lentamente saludando a cada amigo a medida que puedo y te dejo un gran abrazo
Que sea un 2008 de mil cosas bellas, feliz 2008
Te dejo todo mi cariño y que estés muy bien
Mil besitos y cuídate

Besos y sueños

3:54 da manhã  
Blogger Yuria said...

Gracias por tu visita.

Deberé aprender portugués y leer tus poesías.

Saludos afectuosos.

11:58 da manhã  
Anonymous Olhos de Mel said...

Oie meu amigo! Some não viu? Que sua semana seja de realizações!
Beijos

4:56 da tarde  
Blogger Ana R said...

Felíz año nuevo amigo mio.Y que sea tan fructífero como el pasado...Un jardín hermoso como este poema de Sofia.

Un abrazo

5:12 da tarde  
Anonymous Sakkarah said...

Preciosa poesía, aunque me cuesta entender...Pero me ha encantado.

Gracias por tu comentario.

Un beso.

6:57 da tarde  
Blogger Freyja said...

gracias amigo por tus palabras de apoyo y cariño y por estar cerca
hermoso poema de Sophia de Mello, ella me encanta
Te dejo todo mi cariño y que estés muy bien
Mil besitos y cuídate

Besos y sueños

9:37 da tarde  
Blogger fgiucich said...

Un jardín siempre nos da la posibilidad de disfrutarlo desde el cuerpo y el alma. Abrazos.

11:47 da manhã  
Blogger BETTINA PERRONI said...

El señor que me regala las rosas mas hermosas de su jardin.

Manuel, te deseo todo lo mejor para este año nuevo que comienza.

Un abrazo muy fuerte, gracias por tu compañía en el 2007 :)

9:30 da tarde  
Blogger marie.l said...

Bonne année 2008 - bisous

10:25 da tarde  
Blogger Ana said...

Excelente poema de Sophia, que gostei de reler.

Obrigada pelo comentário na Encosta. Sentiste como eu o significado de ter frio.
Um beijo e votos de bom 2008.

1:17 da manhã  
Blogger andorinha said...

Obrigada por trazeres aqui um dos poemas de Sophia de que mais gosto.
Um abraço.

2:35 da manhã  
Anonymous Célia said...

Ola Manuel, como vai amigo?
Em qualquer jardim é sempre bom sentir o perfume das flores e ver os beijos dos namorados.
Bom dia a vc.
Célia

1:37 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

Obrigada por nos deixares este poema da Sophia com "a secreta abundância dessa festa".
Obrigada também pela visita e pelo comentário no meu "Ortografia"
Um abraço.

5:43 da tarde  
Blogger Rui Caetano said...

Um poema que nos faz olhar o infinito e acreditar que a vida vale apena. Uma boa escolha.

9:34 da tarde  
Blogger Jacinta said...

Que lindo isso: "Um dia serei eu o mar e a areia, a tudo quanto existe me hei-de-unir". Convicta de que somos um no todo do universo, encanto-me com seu poema.
Obrigado por sua visita ao florescer.

Jacinta Dantas

10:10 da tarde  
Blogger Rhiannon said...

Dos mais lindos CANTOS à humanidade!

12:25 da manhã  
Blogger Gracinha said...

Votos sinceros de um excelente 2008 com tudo de bom!
Bem haja...até breve:)

3:23 da manhã  
Blogger Nelita said...

Lindooooooo
Bjitooooooooo

9:07 da manhã  
Blogger Siboney said...

Ou serás un gato no mar na procura da lúa ;P

10:18 da manhã  
Blogger São said...

Parabéns pela escolha!
Bom fim de semana!

7:39 da tarde  
Blogger Olhos de mel said...

Bom fim de semana meu amigo! Fique com Deus!
Beijos

8:31 da tarde  
Anonymous cõllybry said...

Relendo esta belissima poesia de Sophia, Mestra da poesia...Viaja-se por montes e vales
Em direcção ao mar…


Doce é meu beijo

9:05 da tarde  
Blogger Habitarás mi ocaso said...

Gracias x el comentario! aunque es una pena que no entienda emasiado portugues y lo que es aun peor es que voy a vacacionar a Brasil y ahora creo que voy a tener serios problemas para entender ;P

y estas invitado a acabar con el absurdo!!!

10:49 da tarde  
Blogger Dalva Ferreira said...

Um abraço!

11:20 da tarde  
Blogger elvira carvalho said...

Bom fim de semana.
Um abraço

11:23 da tarde  
Blogger MªJosé M. said...

Belíssima escolha!
Sophia M.B., uma Grande Poetisa!
Também ´muito interessantes e de igual encanto as suas obras em prosa que nos remetem bastante para o imaginário, o fantástico...

(Passava muito tempo à beira mar, lugar onde, dizem, escrevia com mais frequência.)

Dos jardins, da Vida, que possam ser abraçados com alegria e esperança.

Um Abraço

2:14 da manhã  
Anonymous Saramar said...

Ah! Sophia, que maravilha!
Essa poeta é uma das mais perfeitas tradutoras da alma poética.
Belíssimo esse poema. Eu não o conhecia.
Obrigada.

beijos

3:16 da manhã  
Blogger Menina do Rio said...

Como estive sem PC desde antes do Natal; hoje eu só passo pra dizer que aos pouco vou colocando minhas visitas em dia e, na medida do possivel irei lendo e comentando.
Deixo o meu beijo e desejos de um ótimo domingo, além dos votos de um Ano Feliz!
Com carinho,
Menina

1:07 da tarde  
Blogger Alice Matos said...

Querido Manuel...
Sophia e o mar... sempre pertinente...

Lindo...

Um beijo...

4:51 da tarde  
Blogger Páginas Soltas said...

Sophia ( única)...

Depois de uma ausência... Aqui estou de cara lavada!

Peço desculpa pelo meu silêncio...

Resto de bom Domingo.

beijos

5:45 da tarde  
Blogger Olhos de mel said...

Oie meu amigo lindo! Como você está? Some não, viu? Que sua semana seja de realizações!
Beijos

12:10 da tarde  
Blogger Maria Clarinda said...

Voltei para te reler e dar-te um beijo e votos de uma semana super!

5:50 da tarde  
Blogger Bichodeconta said...

Que beleza de poesia , este lugar é muito agradável de visitar..um abraço, ell

2:19 da tarde  
Blogger Maria said...

... em todos os jardins hei-de florir....
é lindo!

Abraço

2:37 da manhã  
Blogger Claudya said...

Lindo! Lindo! Lindo! Esse poeta vive nos dias atuais? Como temos tantas vozes portuguesas, e, não sabemos nada sobre elas! Parabéns pela publicação. Bjs.

11:17 da manhã  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:53 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home