sábado, novembro 24, 2007

ALEXANDRE HERCULANO

A FELICIDADE NO AMOR

Eras tu, eras tu que eu sonhava;
Eras tu quem eu já adorei,
Quando aos pés de mulher enganosa
Meu alento em canções derramei.

Se na terra este amor de poeta
Coração há que o possa pagar,
Serás tu, virgem pura dos campos,
Quem virá a minha harpa acordar.

Como a luz duvidosa da tarde,
Quando o Sol leva ao mar mais um dia,
Reverbera poesia e saudade
Na alma imensa de um rei da harmonia;

Tal poesia e saudade em torrentes
No teu meigo sorrir eu aspiro,,
E no olhar que me lanças a furto,
E no encanto de mudo suspiro.

Para mim és tu hoje o universo;
Soa em vão o bulício do mundo;
Que este existe somente onde existes;
Tudo o mais é um ermo profundo.

No silêncio do amor, da ventura,
Adorando-te, oh filha dos céus,
Eu direi ao Senhor: tu m'a deste:
Em ti creio por ela, oh meu Deus!


Alexandre Herculano

36 Comments:

Blogger poeta_silente said...

Meu querido.
Linda poesia. Emocionei-me ao lê-la. Pois era o que gostaria de escutar, hoje e no período que passou há poucos dias.
Mas estas belezas não foram criadas para mim. :(
Cabe-me, apenas, elogiá-las e dizer que tens um excelente gosto.
Beijos ternos... com saudade
Miriam

8:28 da tarde  
Blogger Kalinka said...

OLÁ MANUEL

Tenho-me queixado de violência doméstica, já foi física mas ultimamente tem sido mais psicológica.
Acabo de visitar um blog que diz:
25 NOVEMBRO: DIA INTERNACIONAL CONTRA A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
A violência doméstica, nomeadamente a violência do género, é uma realidade que envergonha o mundo em pleno século XXI. Em Portugal foram registados, em 2006, segundo a UMAR, 20.595 situações de violência doméstica. Entre as agressões, incluem-se 39 casos de homicídio e outras 43 tentativas. No entanto estes números não revelam toda a realidade pois muitos casos não chegam a ser participados. Se fores vítima, ou testemunha, não hesites em denunciar!

Em caso de urgência liga o 800202148.
Apresenta queixa às autoridades competentes.
Pede apoio à APAV- Associação de Apoio à Vítima
Tel. 707200077 e-mail: apav.sede@apav.pt

ADERE A ESTA INICIATIVA E PUBLICA UM POST DE INDIGNAÇÃO.

Quero agradecer-te as simpáticas palavras que deixas no meu kalinka.
Desejo-te um excelente domingo.

12:02 da manhã  
Anonymous Célia said...

Ola Manuel, tudo bem com você neste bom domingo?
Um grande abraço
Célia

12:34 da tarde  
Blogger Alice Matos said...

Lindo poema, Manuel...

Hoje é Dia Mundial contra a Violência de Género...

"Aqui fica a minha solidariedade para com todos aqueles que sofrem, no corpo ou na mente, da violência dos que se julgam muito fortes mas não passam de reles cobardes..."

Beijos para ti...

3:25 da tarde  
Blogger kukilin said...

Me emocioné mucho con esta poesía.
La violencia está arraigada en el mundo entero.
¿Más estas bien vos Manolito?
Me he quedado muy preocupada.
Todo mi cariño para vos:

3:52 da tarde  
Blogger rosa dourada/ondina azul said...

Belo Poema !


Boa semana,
Beijinho,

8:56 da tarde  
Blogger Madalena Barranco said...

Manuel, o amor assim como mar é imenso e sujeito às ondas do coração. Lindo poema. Beijos.

10:28 da tarde  
Blogger Ana said...

Poema de um dos Grandes, celebrando o sentimento Maior.
Um beijo para ti, Manuel.

1:26 da manhã  
Blogger Olhos de mel said...

Oie Manuel, que bela poesia! Fiquei emocionada. Você anda sumido... Some não, viu?
Que sua semana seja de realizações!
Beijos

2:15 da tarde  
Blogger fgiucich said...

El remanso del amor. Abrazos.

8:47 da tarde  
Anonymous além do horizonte said...

Harmonia
Saudade
sorriso
silencio

(Felicidade só mesmo com Amor e acima de tudo confiança - Acreditar,crer, querer,bem querer ... - Sempre)
Belo poema.

Tudo de Bom.

Um Abraço,
MJose

2:01 da manhã  
Anonymous mensageira said...

Costuma-se dizer que o amor é cego...
E que so vemos aquilo que realmente queremos ver.


Beijo.

11:53 da manhã  
Blogger Goticula said...

Passei para te deixar um beijinho.

12:43 da tarde  
Blogger serenidade said...

Ah a felicidade... tão procurada, tão desejada e está tão perto ... é só AMAR:)

Obrigada pela partilha

Serenos sorrisos

3:03 da tarde  
Blogger Sereia Azul* said...

O amor...este tema que move corações e motiva a escrita.
Adorei reler o poema de Alexandre Herculano.

Um abraço de brisa marinha

Sereia Azul*

7:41 da tarde  
Blogger Sereia Azul* said...

Talvez não seja para uma pessoa em especial... Já ouviste falar que o poeta é um fingidor...talvez o destinatário não exista, talvez seja somente um sonho, uma fantasia desenhada com o coração de quem aspira o verdadeiro amor.

Abraço-te com aromas do meu mar...

Sereia Azul*

8:22 da tarde  
Anonymous carla granja said...

olá! lindo este poema de alexndre herculano
♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥
......... ) ` - . .> ' `( ........
........ / . . . .`\ . . \ ............vim♥
. ....... |. . . . . |. . .| ...........te♥
.. ....... \ . . . ./ . ./ ..........fazer♥
........... `=(\ /.=` ...............uma♥
............. `-;`.-' ............ .visita♥
. .............. `)| ... , ............ e♥
................ || _.-'| ......... deixar♥
............. ,_|| \_,/ .............. uma♥
. ...... , ..... \|| .' ..............rosa♥
....... |\ |\ ,. ||/ .................para♥
. ... ,..\` | /|.,|Y\, ................que♥
..... '-...'-._..\||/ ............ ....teu♥
......... >_.-`Y| .....................dia♥
.............. ,_|| .................fique♥
................ \||.............perfumado♥
................. || .............♥
................. || .Bjs...♥
boa semana
carla granja

8:31 da tarde  
Blogger Palavras ao vento said...

Meu querido amigo,

Que bela poesia trazes mais uma vez!

E o meu obrigada por as partilhares com todos os que te visitam!

Poeta... não é só aquele escreve....

Beijos.

1:38 da manhã  
Anonymous Arte de Amar said...

Sempre divina a tua poesia e escolhas poeticas.Parabens

Vem.
Ocupa com teu corpo esse abrigo que te chama. Volta a ser minha morada,
teu abrigo
Faz de mim tua caverna, t
eu porto seguro.
Faz do meu corpo teu ninho.

Kiss na boxexa
Arte de Amar
www.intimomisterio.blogs.sapo.pt

12:10 da tarde  
Blogger Bichodeconta said...

bonita esta poesia, emocionei-me ao ler..tão actual.parabéns..

2:28 da tarde  
Blogger elvira carvalho said...

Tão raro aparecer um poema do Alexandre Herculano. E este é muito bonito.
Um abraço

12:21 da manhã  
Blogger Cöllyßry said...

Olá Manuel...Belo poema de um Mestre, doce foi este momento...

Bjca doce

12:43 da manhã  
Blogger MaleNa Ezcurra said...

Adoro a Alexandre Herculano, su tinta es un gemido.

Querido Manuel gracias por todo siempre, sos un bello compañero.

Besos.

M.

3:45 da manhã  
Blogger LuzdeLua said...

No silêncio do amor, da ventura,
Adorando-te, oh filha dos céus,

Linda poesia. Sempre bom voltar aqui. Deixo-te um beijo.
Bjs

12:18 da tarde  
Blogger Menina do Rio said...

Eras tu,
que hoje é o meu Universo
no silêncio do amor...
Manoel, só mesmo a felicidade a nos trazer harmonia!

Um beijo pra ti

4:34 da tarde  
Anonymous carla granja said...

passando para te ler e para deixrum convite :) hje nao fiz poema :) vem ver o kdeixei :)
+______088880____0____0____088880
+____088888880___00__00___088888880
+___088888888880__0__0__088888888880
+___088888888880___00___088888888880
+____088888888880______088888888880
+____0888888888880_00_0888888888880
+_______0888888880_00_0888888880
+______08888888880_00_08888888880
+____0888888888880_00_0888888888880
+___08888888888880_00_08888888888880
+____0888888888880_00_0888888888880
+______08888888880____08888888880
+________08888880______08888880
+__________0880__________0880
+___________00____________00

*´¨)
¸.*´¸.*´¨)¸.*¨)
(¸.*´ (¸.*` * Beijos...
carla granja

1:00 da manhã  
Blogger Saramar said...

Doro Herculano.
Neste poema, uma sagração do amor.
Haverá maior declaraçao de amor que esta? crer em Deus porque Ele lhe deu a pessoa amada?
Belíssimo!

beijos

1:14 da manhã  
Blogger poeta_silente said...

Podes postar mais um poema?
Beijos
Miriam

3:09 da manhã  
Blogger Olhos de mel said...

Manuel! Passei pra lhe ver e deixei beijinhos...

4:02 da manhã  
Anonymous arte de amar said...

O gosto da tua pele
sal impregnado em meus lábios
que me mata de sede
à beira da fonte dos teus prazeres.

O teu gosto na minha boca
mel que sacia meus desejos
na hora derradeira
do medo de te perder
em meio aos lençóis.

O teu cheiro impregnado
no meu corpo
perfume raro que nem a chuva
leva de mim...


Bom Fim de Semana com Arte de Amar
Kiss na boxexa
www.intimomisterio.blogs.sapo.pt

10:41 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Ola manuel, como vai ?
Linda a poesia, eu adoro o silencio, a música, agua, sol, terra...
Abraços e um bom fim de semana a voc~e.
beijos com carinho.
Célia

3:56 da tarde  
Blogger serenidade said...

Que a felicidade seja uma constante

Bom fim de semana

Serenos sorrisos

6:45 da tarde  
Blogger Alice Matos said...

Passei para reler e deixar o meu carinho...

Beijos...

Se puderes visita-me no Detalhes...

11:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Chama…

Amor és tu que me acendes,
Chama imensa de fulgor
Acredito que tu me sentes
Pois eu sinto o teu amor.
Com sentido desvairado
Por ti espero bem penado
Com falta de ter-te perto
Amar-te comigo ao lado.
Sem ti sou árido deserto
Pela erosão bem fustigado
Com falta de ter-te perto
Amar-te comigo ao lado.
Não me canso de te dizer
Que és linda de morrer
Só em ti penso tanto em ter
Em te amar sem saudade
Por ter-te comigo de verdade.

2:25 da manhã  
Blogger SAM said...

Lindo poema, Manoel. Em lindos versos descreve toda a beleza do amor e faz feliz quem o lê, fazendo-nos suspirar em românticos devaneios.

Ótimo fim de semana!

Beijo

12:41 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:54 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home