terça-feira, novembro 01, 2016

LIBERTAÇÃO

Silêncio profundo...

Fechei a porta.

(Madeira morta
Entre mim e o mundo.)


             Luiz de Macedo

10 Comments:

Blogger Elvira Carvalho said...

Como se pode dizer tanto em tão poucas palavras.
Um abraço e bom feriado

8:19 da manhã  
Blogger Franziska said...

Impresionante capacodad de llegar al máximo con lo mínimo. Saludos cordiales. Franziska

5:27 da tarde  
Blogger RECOMENZAR said...

Este comentário foi removido pelo autor.

10:06 da tarde  
Blogger Siboney said...

sublime!!!

10:26 da manhã  
Blogger Je Vois La Vie en Vert said...

E eu hoje abri a porta porque ela só estava encostada...
Um beijinho e obrigada pelas tuas visitas de vez em quando.
Perdoe as minhas ausências.
beijinhos
Verdinha

12:23 da tarde  
Blogger Fátima Oliveira said...

Com poucas palavras, disse o que sentia de modo simples naquele momento, adorei.
Beijos.

12:49 da manhã  
Blogger Graça Pires said...

O silêncio a dizer tanto...
Uma boa semana.
Beijos.

12:03 da tarde  
Blogger Mariazita said...

Por alguma razão se diz que "quem muito fala pouco acerta"...
Por isso é tão importante dizer muito em poucas palavras...
Foi o que aconteceu aqui. Mas... que o silêncio não se prolongue.

Votos de uma semana muito feliz.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

11:09 da manhã  
Blogger Cristina Cebola said...

Quantas vezes se torna necessário ouvir os sons do silêncio!
É que nele também existe poesia...

Obrigada pela visita

11:02 da tarde  
Blogger Teresa Almeida said...

Delicioso e transfigurante.

11:55 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home