quarta-feira, agosto 22, 2012

SAUDADE

Se o amor, este amor
me penetra toda
com a sua força gloriosa,
irresistível,
e se na minha alma ansiosa
vive, canta e chora, numa oração;
se é luz de luar que entra no meu peito
e me envolve o coração,
numa ansiedade louca de beijos ...
Já não é amor ... é paixão.

Felícia Caldeira

4 Comments:

Blogger Mona Lisa said...

Hummmmmmmm...intenso!

Li-o com os cinco sentidos!

Beijos.

10:16 da tarde  
Blogger Cristina said...

Será la luz de la luna? Se lee intenso y apasionado... abrazos miles!
Bonita noche.

5:31 da manhã  
Blogger Juli Fuhrmann said...

Que graça de poema! Muito obrigada pelo carinho no meu blog, fico feliz que alguém de tão longe também leia minhas palavras! Sucesso pra ti!

6:36 da manhã  
Blogger marina said...

oh! un poema con fuerza apasionada, precioso!!

:-)


un abrazo,

10:11 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home