domingo, setembro 18, 2011

SAUDADE

Saudade já saudade
antes saudade
amor de te não ver
porque pressinto

se sinto que te ter
é não saber
distância já agora
e que não minto

Amor de que me calo
e te não digo

amor já saudade
já instinto

Maria Teresa Horta

9 Comments:

Blogger manuel marques said...

"O tempo não pára, só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo."

Abraço.

8:59 da tarde  
Blogger Esther said...

El amor es una locura. A veces ya no tiene ni pies ni cabeza. Cuando no es correspondido, es como un pollo sin cabeza. Cuando lo es, puede que sea loco en el sentido del apasionamiento pero, el timón tiene unas manos que hacen al barco ir tranquilo en su trayecto y constante.

Saluditos Manuel y espero que hayas pasado un buen fin de semana :)

11:21 da manhã  
Blogger elvira carvalho said...

Uma poetisa que muito aprecio.
Um abraço e uma boa semana

9:58 da tarde  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

Maria Teresa Horta
uma Senhora Poeta
gosto

beij

8:56 da tarde  
Blogger Marta said...

E fala-se tanto de saudade...
Sente-se tanta....
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

9:16 da tarde  
Blogger Evanir said...

Querida Amiga.
Me perdoe a demora em visita-la
eu queria ser perfeita para fazer a
felicidade de todas minhas amizades,
pois só assim me sentia muito feliz.
Amo a cada um da mesma forma peço a
Deus para viver minha vitória que
certamente Deus tem preparada para mim.
Uma linda tarde.
Bejs carinhosos.
Evanir

11:36 da tarde  
Blogger Maria Valadas said...

Um belo canto à saudade de Maria teresa Horta... uma das minhas poetisas preferidas.

Vai dando noticias...


Abraço de amizade.

Maria

2:55 da manhã  
Blogger BlueShell said...

...porque quem ama sente saudade!
Bj

8:00 da manhã  
Blogger sandrafofinha said...

Muito bonito,bastante profundo!! Eu gostei imenso!! Beijinhos fofinhos!!

7:17 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home