quinta-feira, novembro 05, 2009

VIESTE TARDE

Vieste tarde, meu amor! Começa
Em mim caindo a neve devagar,
Morre o Sol, o Outono cai depressa,
E o Inverno finalmente vai chegar;

E se, hoje, andamos juntos, na promessa
De caminharmos, toda a vida, a par,
Daqui a pouco o teu amor tem pressa,
E o meu, daqui a pouco, há-de cansar.

Dentro em breve, por trás das velhas portas,
Dando um ao outro só palavras mortas,
Que rolam mudas, pelas nossas vidas,

Ouviremos, nas noites desoladas,
_ Tu, a canção das vozes desejadas,
Eu, o chorar das vozes esquecidas.

Nunes Claro

20 Comments:

Blogger Dalva M. Ferreira said...

Que tristeza, esse amor na hora errada...

11:07 da manhã  
Blogger Baila sem peso said...

Nunca é tarde para o Amor!

Se a Primavera tem a flor
No Verão, o condão do fruto
Trás Outono, em doce aroma
E no Inverno se aquece quem ama

Toda a idade é viver astuto
Se o coração não apagar a chama!

Um beijinho de amizade no tempo

11:58 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

Muito bonito e muito bem escrito,

este soneto!

Um abraço

2:39 da manhã  
Blogger mariarosa said...

¡Bello!
A pesar que me cuesta leerlo, es bello.

mariarosa

2:10 da manhã  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Lindo poema...mas há hora errada para o amor?
Um abraço, ótimo fim de semana

5:12 da manhã  
Blogger EternaApaixonada said...

Manuel

Suas escolhas sempre lindas!
Vim apreciá-las... E escutar músicas que falam à alma!
Um lindo domingo e uma semana muito feliz!
Beijos

9:49 da manhã  
Blogger Goticula said...

Lindo poema.
bj

12:27 da tarde  
Blogger Silêncio Prateado said...

Antes tarde que nunca!!!

Deixo o meu silêncio

1:47 da tarde  
Blogger São said...

O amor nunca chega tarde, pelo amor de S.Teotónio!

Tudo de bom.

6:13 da tarde  
Blogger Ana Maria said...

Para o amor sempre é hora, é momento.
Beijinhos de boa noite!

2:09 da manhã  
Blogger Cecilia said...

Sí, los amores tienen sus tiempos y una desincronización de los calendarios pueden producir un desencuentro. Un abrazo.

3:21 da manhã  
Blogger Poetiza said...

El amor siempre llega tarde o temorano. Un gusto leerte, te dejo un beso, cuidate.

6:12 da manhã  
Blogger Andreia said...

Lindo! *

8:26 da tarde  
Blogger Poetiza said...

Paso dejar un saludo y beso, cuidate mucho. Sigo pensando que el amor cuando llega tarde es porque asi tenia que suceder. Cuidate.

6:07 da manhã  
Blogger fgiucich said...

Por qué el amor trae, a veces, mucho dolor? Abrazos.

12:38 da tarde  
Blogger Dalinha Catunda said...

Suas escolhas são sempre maravilhosas.
Um soneto belo, cheio de tristeza porém lindo.
Quanto ao amor, não existe receita, hora, quando ele é verdadeiro ele enfrenta qualquer barreira.
Um abraço,
Dalinha

11:04 da tarde  
Blogger Hosana Lemos said...

'Daqui a pouco o teu amor tem pressa,
E o meu, daqui a pouco, há-de cansar.'

Isso me fez pensar...
é, talvez realemnte aconteça!

bjos

10:43 da manhã  
Blogger leonor said...

Nunca é tarde demais quando a Alma é grande e se cultivam os afectos.
Aplausos pelas suas escolhas!

9:15 da tarde  
Blogger Alma de Poeta said...

Amigo

Deixo o comentário neste poema que é muito bonito, porque ás tantas pensamos que é o nosso pensamento a nos falar.

Deixo um grande beijinho

3:13 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:29 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home