sábado, outubro 24, 2009

BEIJOS

Os beijos fugídios que se dão
às escondidas sem ninguém saber,
têm o sabor estranho do ladrão
que leva o roubo sem ninguém o ver.

E os demorados beijos da paixão,
que duas bocas trocam a tremer,
têm a mais doce e rara sensação
que duas almas podem conceber.

Há beijos puros, beijos divinais,
que a gente dá e não esquece mais,
e até à morte ficam a lembrar.

Mas o que a gente nunca percebeu
é se é melhor o beijo que se deu
ou se o beijo que se não chega a dar.

Espínola de Mendonça

4 Comments:

Blogger EternaApaixonada said...

Feliz por te encontrar novamente em um dos meus blogs e, igualmente feliz por aqui retornar!
Postagens tão sensíveis! Adorei ler!
Voltarei mais vezes, isso me fará melhor!
Tenha um ótimo fim de semana.
Beijos poéticos

12:25 da tarde  
Blogger Luisa said...

Achei muito engraçada esta maneira do poeta rematar o soneto, com a dúvida do beijo que não se chegou a dar.Será que era esse o importante, o beijo da vida?

1:49 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

Um soneto excelente.
Um abraço

3:07 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:30 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home