terça-feira, fevereiro 17, 2009

CLARÃO TARDIO (a Gomes Leal)

CLARÃO TARDIO

No declinar da vida, a gente reconhece,
Talvez já tarde um pouco, e com remordimento,
que tanta cousa vã, que séria nos parece,
E' pó, somente pó, erguido pelo vento.

Em duro batalhar, se cansa, se embranquece;
Consome-se a existência, expondo-a ao fogo lento
De inúteis dissensões; e, enfim, quando anoitece,
Surge o passado todo, em rápido momento.

Ouve-se, então, a voz suprema da verdade,
Que nunca se escutou, que nunca se entendeu;
E, sem remédio, vê-se, em plena claridade,

_ Das ilusões rasgado o pardacento véu, _
Como nos foi total, a estéril vanidade
De tudo, ou mal ou bem, que a vida nos encheu.

Fernandes Costa

13 Comments:

Blogger Mariazita said...

Porque me vou ausentar, a partir de hoje à noite e até meados da próxima semana, não poderei, neste período, fazer, como tanto gosto, as habituais visitas e comentários.

No entanto deixarei programado (assim espero!) um post para ser publicado na quinta-feira (Anita) e outro para domingo, que, se quiseres, podes ir ver.

HOJE, AINDA, TENCIONO PUBLICAR NO LÍRIOS.

Até ao meu regresso.
Bom Carnaval.

Beijinhos
Mariazita

5:48 da tarde  
Blogger Jacinta Correia said...

A busca sempre nos desgasta... um bj.

11:26 da manhã  
Anonymous Sônia said...

Lindo, triste e verdadeiro.
É bem assim que acontece.

1:09 da tarde  
Blogger Cotovia said...

Entre o luar e o crepúsculo, o sono e a lucidez, o silêncio do mundo e o barulho de ti, há uma voz muda que percorre a aridez do teu pensamento... Sentes?... É o Pio da Cotovia!...

5:26 da tarde  
Blogger Branca said...

Gosto de poesia...gostei daqui!


Tudo de bom pra vc,
bj.

7:48 da tarde  
Blogger Concha said...

A verdade,qualidade de ser sincera.
A verdade que se traduz na aliança do pensamento.
A verdade,que não é contradição.
A verdade que é um acordo de amadurecimento,que só idade nos dá.

Um abraço

9:37 da tarde  
Blogger Ana Maria said...

São acontecimentos reais.
Beijooss!!

1:52 da manhã  
Blogger Carla said...

ilusões que alimentam o sonhos, dores que marcam a vida, sorrisos que vestem os anos...assim é a vida
Beijos e bom Carnaval

10:49 da manhã  
Blogger Baila sem peso said...

não existe clarão tardio!
o pó é sempre pó, desde que amanhece
na voz suprema da verdade
é saborear a luz, até que anoitece!

Bonito e triste soneto, na suave melancolia de dias que passam...

Beijinho

12:46 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Que se faça luz a tempo de se poder sentir o seu calor...

Um beijo para ti...

8:06 da tarde  
Blogger São said...

Uma verdade bem posta em poema de qualidade.
Bom Carnaval!

8:39 da manhã  
Blogger PoesiaMGD said...

Gostei do que aqui li. Deixo um convite:

http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

10:37 da manhã  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:37 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home