sexta-feira, dezembro 01, 2006

FEDERICO GARCIA LORCA


A GUITARRA

Começa o choro
da guitarra
Quebram-se os copos
da madrugada.
Começa o choro
da guitarra.
É impossível calá-la.
Chora monótona
como chora a água,
como chora o vento
sobre a nevada.
Chora por coisas
distantes.
Areia quente do sul
pedidndo camélias brancas.
Chora flecha sem alvo,
a tarde sem manhã
e o primeiro pássaro morto nas ramadas.
Oh guitarra!
Coração malferido
por cinco espadas.
................................................................

LA GUITARRA

Empieza el llanto
de la guitarra.
Se rompen las copas
de la madrugada.
Empieza el llanto
de la guitarra.
Es inutil callarla.
Llora monotona
como llora el agua,
como llora el viento
sobre la nevada.
Es imposible callarla.
Llora por cosas lejanas.
Arena del Sur caliente
que pide camelias blancas.
Llora flecha sin blanco,
la tarde sin manana,
y el primer pajaro muerto
sobre la rama.
O guitarra !
Corazon malherido
por cinco espadas.



http://pt.wikipedia.org/wiki/Federico_García_Lorca

49 Comments:

Blogger farinho said...

Por vezes extravasamos sentimentos sem palavras, entrgamo-nos de corpo e alma a alguma coisa que gostamos muito, alguns com intrumentos, outros com dança, qualquer coisa que nos liberte.

Está muito bonito, bem escolhido.

Obrigada pela atenção.

Beijocas.

2:59 da tarde  
Anonymous katia said...

Belo poema...boa semana.

4:17 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mas uma suave mão
tocou as cordas
do seu coração...

E um riso pequenino
nascido da mão
de um menino
que o mundo todo agarra
trouxe o perfume
das camélias
à guitarra...

Abraço

5:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

5:17 da tarde  
Blogger Betty Branco Martins said...

Parabéns pela escolha belíssima

Federico Garcia Lorca, nasceu m Fuentevaqueros (Granada) em 5 de junho de 1898 e morreu assassinado em Viznar (Granada), uma das primeiras vítimas da Guerra Civil Espanhola, em 19 de agosto de 1936.

Foi dotado de uma personalidade extraordinariamente voltada para a arte. Além de ser um grande poeta, teve também alguns pendores musicais, tendo feito, ainda, alguns desenhos. É Garcia Lorca, com certeza, o poeta espanhol mais conhecido universalmente, só perdendo para Cervantes no número de edições e traduções de suas obras.

Só posso dizer:

Muito obrigada por este post

Beijinhos com carinho

7:10 da tarde  
Blogger poeta_silente said...

Chora a guitarra, pelas dores que os dedos deixam perpassar ao tocar as cordas. Chora o piano, pelas lágrimas caídas através dos dedos que martelam suas teclas.
Chora o poeta, o músico e o artista. Chora suas dores, porque pelo seu choro em arte o alívio se faz presente.
Sorri o artista das letras, que nos passou esta beleza... porque sabe que o admiramos.
Beijos
Miriam

8:53 da tarde  
Anonymous Ofeliazinha said...

O meu coelho morreu por isso o "Até sempre".
Uma boa semana para ti. Abraço.

9:50 da tarde  
Blogger fgiucich said...

Esta guitarra escuchada en portugués, tiene un color diferente. Abrazos.

11:32 da tarde  
Blogger Mar said...

Hay una palabra muy reiterada en el poema que en Chile tiene otro significado, pero no por eso le quita hermosura a tu poema.
Mis cariños para ti.
MAR

12:11 da manhã  
Blogger Ana said...

Excelente escolha. Prazer de ler Garcia Lorca.
Um beijo.

12:47 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

boa semana... um beijão

8:53 da manhã  
Blogger Siboney said...

Chove en Santiago
meu doce amor
camelia branca do ar
brila entebrecida ao sol.

Chove en Santiago
na noite escura
herbas de prata e sono
cobren a valeira lúa.

Olla a choiva pola rúa
laio de pedra e cristal.
Olla no vento esvaido
soma de cinza do teu mar.

Soma e cinza do teu mar
Santiago,lonxe do sol
agoa da mañan anterga
trema no meu corazón.

FGL

Bicox

9:07 da manhã  
Blogger Maria Costa said...

Obrigada pela partilha deste momento de Poesia.

10:03 da manhã  
Blogger Trini said...

Precioso poema de Lorca, al llanto mágico de la guitarra.

Gracias por la traducción.

Saludos

2:10 da tarde  
Blogger MARTA said...

Lindo - gostei muito!
A guitarra tem o seu quê de mistério.
Obrigada pela partilha.
Beijos e abraços
Marta

4:47 da tarde  
Blogger Maria said...

Federico Garcia Lorca, Nome Maior da poesia castelhana e mundial!
É bom dar a conhecer todos esses poetas, que andam tão arredados do nosso dia a dia. Lorca, Hernandez, Machado, Albertí, e outros do país vizinho e tanto, tantos outros desse mundo.
Também eu passarei a postar de vez em quando, no meu blog, um ou outro poeta Maior!
Um abraço

8:16 da tarde  
Blogger Baby said...

Gostei da tua visita, é sempre bom receber um novo amigo!
Gostei também da escolha deste lindíssimo poema de Garcia Lorca:
"Chora monótona
Como chora a água
Como chora o vento
Sobre a nevada.
Chora por coisas distantes..."
Obrigada.
Um beijo,

9:14 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É muito bom abrir um blog e dar de caras com um belíssimo poema...prova de que a poesia é inevitalvelmente um pouco de nós próprios.
bjs

10:05 da tarde  
Blogger mind said...

mto bonito
tks pela visit
=)
boa noit!

10:45 da tarde  
Blogger Una de las Moiras...¿O Gorgona? said...

Estas palabras tienen sabor a mar, a cadencia serpenteante. Hay saudade, hay belleza y sobre todo música.

11:19 da tarde  
Blogger Fátima said...

Olá! Bela escolha!
Obrigada pela visita e uma boa semana.
Beijinhos!

5:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Um choro incontido que engasga os sentimentos. Essa guitarra deveria tocar belas melodias. Melodias alegres.

Beijos iluminados.

6:44 da tarde  
Anonymous mensageira said...

Boa escolha.
Relembraste-me seroes que ja passei ao som de uma guitarra tocada por alguém que me foi muito próximo...

Beijo.

10:44 da tarde  
Blogger dulce said...

Quando estou no Sul, à noite, há sempre alguém no prédio em frente que dedilha guitarra portuguesa. Carlos Paredes reconheço e outros que não sei os nomes.
É sempre uma dádiva aquilo que oiço.
Beijos para ti.

1:19 da manhã  
Blogger Freyja said...

Garcia Lorca me fascina
ademas que tierno eres, esta en español
te doy las grcaias por tus regalos y te dejo un abrazo grande
besitos y que mañana sea un gran dia


besos y sueños

2:07 da manhã  
Blogger Bettina Perroni said...

Manuel!!!! :)

La guitarra es de las cosas que mas disfruto en esta vida. De hecho, parte de mi tiempo libre la invierto en ella. Cuando estoy triste, cuando estoy alegre, es ella quien me auxilia para bien llevar esos momentos. la guitarra es parte de mi vida, su llanto me conmueve, su suspiro me llena... la guitarra es un gran invento.

Besitos Manuel, que estés muy bien

3:11 da tarde  
Blogger veritas said...

cinco espadas...cinco sentidos...a conjugação da vida...

Bjs.Boa semana.

5:18 da tarde  
Blogger MARIA VALADAS said...

Boa escolha no poema de Garcia LOrca!

Obrigada por o partilhar connosco!

Bjs
Maria

8:53 da tarde  
Blogger Pecaaas said...

Depois de uns dias de ausência por terras de Àfrica, cá estou de novo a saber as ùltimas...
Pedro

10:49 da tarde  
Blogger PHYLOS said...

Excelente texto, lirico, sensivel. Abraço forte. Phylos.

11:20 da tarde  
Blogger Saramar said...

Manuel, que dolência neste poema. Quase pude ouvir a guitarra e a tristeza dessa melodia na madrugada.
Maravilhoso!

beijos

12:10 da manhã  
Blogger Freyja said...

Manuel
gracias por tus saludos muy lindos, en Lagrimas, me fascina danzar
te dejo un abrazo grande y cuidate
besitos y que estes bien


besos y sueños

gracias por todo

12:41 da manhã  
Blogger Fúria das Águas said...

Um guitarra bem tocada é linda, eu gosto.
UM beijo e se cuida

1:30 da manhã  
Blogger MaleNa said...

Lorca desde siempre me ha conmovido.


Y tu lo traes a mi lado.



Abrazos querido Manuel.

3:30 da manhã  
Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Se fosses luz serias a mais bela
De quantas há no mundo: - a luz do dia!
- Bendito seja o teu sorriso
Que desata a inspiração
Da minha fantasia!
Se fosses flor serias o perfume
Concentrado e divino que perturba
O sentir de quem nasce para amar!
- Se desejo o teu corpo é porque tenho dentro de mim
A sede e a vibração de te beijar!
Se fosses água - música da terra,
Serias água pura e sempre calma!
- Mas de tudo que possas ser na vida,
Só quero, meu amor, que sejas alma!

Bom Fim de Semana kissesssssss by pequenita

11:47 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Se eu tocasse guitarra... quem chorava não era a guitarra, era o publico:)

Chorava de tanto rir!!


um abraço;

3:58 da tarde  
Blogger Leticia Gabian said...

Sou apaixonada pelo som do violão.
"coração malferido por cinco espadas...." e também por Garcia Lorca.
Um grande beijinho pra ti, querido Manuel!

5:21 da tarde  
Blogger Martuxa said...

Lindo ;-)
"A guitarra que só toca por amor, não acalma o desejo nem a dor..."

10:24 da tarde  
Blogger Maresi@ said...

Lindo esse poema... a guitarra e o seu choro...seu lamento! è sem duvida dos sons mais bonitos...e inesqueciveis.

Beijo suave-___Maresi@

2:05 da manhã  
Blogger cieloazzul said...

Hermosas letras, hermosa mención a García Lorca...
Una guitarra que expresa notas de sentimientos...
Besos!

2:34 da manhã  
Blogger Mariela said...

Obrigado, Manuel
agradável para encontrar-se com o

Adeus!!!!

4:44 da manhã  
Blogger blugaridades said...

Garcia Lorca! Que dizer de Garcia Lorca? Excelente! Fantástico!
Beijos e bom fim de semana

10:32 da manhã  
Blogger Mich said...

Precioso poema!!!
xoxo

3:51 da tarde  
Blogger delusions said...

ai a guitarra...

Ainda ontem ouvi uma portuguesa ao vivo...e concordo...quando começa o choro de uma guitarra é impossível calá-la, mas é belo e único...lágrimas em música...

bjinho* e bom fim-de-semana

5:38 da tarde  
Blogger Fúria das Águas said...

Oi menino, desejo-te um ótimo fim de semana.
Fica bem
Beijos
Furia

7:59 da tarde  
Blogger Lunatica!! said...

el llanto, la herida, lagrimas tiradas,

hermoso,

9:09 da tarde  
Blogger Bettina Perroni said...

Muchas gracias por tus palabras en mi blog... that´s the way it is... amo la guitarra. Besitos,

9:50 da tarde  
Anonymous Jofre Alves said...

Passei para desejar óptimo fim-de-semana e apreciar esta interessante página, onde impera a qualidade e bom gosto. Até breve.

10:36 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

4:09 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home