quarta-feira, outubro 25, 2006

FICA

Vai-te não! Fica!
Esperança, quimera da minha infância
Quero-te sonho, claro e belo
Quero-te! Por ti eu zelo!!!
Nem que seja a última vã crença
Eu preciso de acreditar em ti
És tu que alimentas a minha existência!...

Eu quero ao menos a tua presença
Eu quero ter-te...Fica, senão digo que morri!!!

Isa. Cal.

26 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O que seria de nós se perdéssemos a esperança? É ela que nos faz lutar.

Beijo grande.

2:29 da tarde  
Blogger Sandra Cardoso said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

4:08 da tarde  
Blogger Sandra Cardoso said...

Como diz Gedeão "Eles não sabem que o sonho/É uma constante da Vida ..."

Beijinho

4:14 da tarde  
Blogger Luisa said...

Há sonhos que vêm da infância, ainda não se realizaram mas acreditamos que nunca morrerão!!! Belo poema da Isa!

4:23 da tarde  
Blogger Vera said...

Alimentamos os sonhos com a nossa esperança. Precisamos sempre de ambos.
Adorei. Muito forte!
Beijinhos grandes

4:39 da tarde  
Blogger Menina do Rio said...

Hoje eu vim aqui "de propósito" apreciar a belaza de tuas palavras...
Meu blog travou e andei quase desistindo, mas voltei!!!
te deixo um beijo e desejos de uma semana maravilhosa!

4:49 da tarde  
Blogger Betty Branco Martins said...

Olá Manel

Pois é! vim conhecer o teu "Universo" e foi um passeio maravilhso:)

Com toda a certeza que voltarei:)

Beijinhos

Boasemana

9:53 da tarde  
Blogger dulce said...

Lindíssimo poema.
Beijos

10:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Lindo esse poema. Já nos habituaste ás tuas boas escolhas.
Boa semana. Beijinho

11:49 da tarde  
Blogger Leticia Gabian said...

Querido Manuel,
Poema bem escolhido, aliás como sempre tem sido por aqui.
A esperança é a última a morrer, não aquele que suplica.
Beijinhos.

1:46 da manhã  
Anonymous manoel donini said...

Ainda bem que; a esperança é a ultima que morre...
Uma maravilha ler algo assim que, certamente viverá sempre.
Parabens e abraços.

12:19 da tarde  
Blogger fgiucich said...

Esas quimeras de nuestra infancia que alimentan la existencia. Abrazos.

12:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A infância, onde a esperança nasce na sua plena essência. Sorte daqueles que superaram a infância...sinal de que a esperança nunca os largou!

Fica bem!

Bjs

4:48 da tarde  
Blogger Bellaessence said...

Quem escreveu isto foi uma tal de Isa?Minha xará escreve bem hein.
Tem o nome igual ao meu.
Obrigada por tua visita.
Té mais.

6:09 da tarde  
Anonymous temp_nua said...

Que bom, agora chamas a esperança de volta. Não devemos ficar sem ela, a esperança alimenta a alma.
Um beijo e boa semana querido

6:14 da tarde  
Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Cuerpo de mujer, blancas colinas, muslos blancos,
te pareces al mundo en tu actitud de entrega.
Mi cuerpo de labriego salvaje te socava
y hace saltar el hijo del fondo de la tierra.

Fui solo como un túnel. De mí huían los pájaros
y en mí la noche entraba su invasión poderosa.
Para sobrevivirme te forjé como un arma,
como una flecha en mi arco, como una piedra en mi honda.

Pero cae la hora de la venganza, y te amo.
Cuerpo de piel, de musgo, de leche ávida y firme.
¡Ah los vasos del pecho! ¡Ah los ojos de ausencia!
¡Ah las rosas del pubis! ¡Ah tu voz lenta y triste!

Cuerpo de mujer mía, persistiré en tu gracia.
Mi sed, mi ansia si límite, mi camino indeciso!
Oscuros cauces donde la sed eterna sigue,
y la fatiga sigue, y el dolor infinito.

Boa Semana
besitossss by pequenita

6:27 da tarde  
Blogger Bettina Perroni said...

Sempre o gosto bom dizer o que você quer dizer. Sempre o talento refletiu na seleção rara de poemas.

Agradeça-o Manuel para ser um amante eterno da palavra boa

8:14 da tarde  
Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said...

Vim agradecer a tua visita e fiquei agarrada ao que por aqui se escreve. Gostei. Vou voltar.

10:01 da tarde  
Anonymous Kátia said...

Só a esperança para nos fazer prosseguir apesar da reeleição do Lula.rsrsrsrrs Boa semana.

10:11 da tarde  
Blogger redonda said...

Obrigada pela visita e comentários no meu blog. Tenho vindo aqui e gosto de ler, só não tenho comentado porque queria dizer algo mais além de que gostava do que lia.
Um beijinho

12:03 da manhã  
Blogger Dalva said...

Ah! a esperança... ela funciona como mola propulsora que nos leva para diante ainda quando queremos entregar os pontos.

12:09 da manhã  
Blogger A MUDANCA said...

Tantas vezes pronunciei a palavra fica...mas não ficou!Pensei que morri,mas a esperança mantem-me aqui.


Beijo

FF

8:56 da manhã  
Blogger Fúria das Águas said...

Eu preciso de esperança sempre.
Um beijo
Fica bem

1:31 da tarde  
Blogger Andrea said...

MARAVILLOSO!!!
UN BACCIO
ANDREA

5:03 da tarde  
Blogger Clitie said...

Um beijinho grande e boa semana.

10:03 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:02 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home