segunda-feira, julho 17, 2006

LOUISE LABÉ

SONETO XVIII

Beija mais, beija-me e torna a beijar
Dá-me um daqueles teus com mais sabor
Dá-me um daqueles teus com mais amor
Quentes qual tição quatro te vou dar

Cansado estás? Desse mal te refaço
Dez outros te darei, com que doçura!
Misturando nossos beijos de ternura
Gozemos um do outro neste abraço

Vida a dobrar cada um de nós terá
Em si cada qual e seu amigo viverá
Permite Amor perder-me em esta cisma

Sinto-me mal, vivo para dentro
E não sei como tirar contentamento
Se fora não sair de mim mesma.

Louise Labé
1524-1566


SONNET XVIII

Baise m'encor, rebaise-moi e baise;
Donne m'en un de tes plus savoureux,
Donne m'en un de tes plus amoureux:
Je t'en rendrai quatre plus chauds

Las! te plains-tu? Çà, que ce mal j'apaise,
En t'en donnant dix autres doucereux.
Ainsi, mêlant nos baisers tant heureux,
Jouissons nous l'un de l'autre à notre aise.

Lors double vie à chacun en suivra.
Chacun en soi et son ami vivra.
Permets m'Amour penser quelque folie:

Toujours suis mal vivant discrètement,
Et ne me puis donner contentement
Si hors de moi ne fais quelque saillie

Louise Labé
1524-1566



42 Comments:

Blogger Pitucha said...

Olá, venho retribuir a visita. Vejo que, por aqui, fala-se em poesia.
Bonito.
Beijos

8:05 da tarde  
Blogger Deusa Misteriosa said...

Olá
gostei do teu espaço
volta sempre que és bem vindo
:))))))))
beijooooooo

9:22 da tarde  
Blogger AZUL said...

Me encantan los sonetos que no empalagan...que embriagan como estos que nos dejas...

Un beijo...;)

10:04 da tarde  
Blogger Maria P. said...

Que encanto! Boa escolha.
Um beijinho.

10:29 da tarde  
Blogger MalucaResponsavel said...

Ola... beijos, tao bom... bj

11:46 da tarde  
Blogger Isa Calixto said...

Dificil traduzir poesia
Mas um beijo é sempre um beijo...
Perde-se a vida, por amor
Ganha-se vida, nesse desejo...

Beijos, meu amigo!

12:30 da manhã  
Blogger Andrea said...

hola gracias por tu post, lastima ke no pueda leer tus sonetos, ya que el idioma nos separa... pero no todo esta perdido.....
una abrazo

12:48 da manhã  
Blogger Paula Raposo said...

Tão bonito em francês como em português. Obrigada pela tua visita ontem. Beijos.

11:07 da manhã  
Blogger Vanda Baltazar said...

É a isso que eu chamo boas memórias :))

Vou de ferias, até ao meu regresso, tudo de bom para ti.

um beijinho

Van

11:56 da manhã  
Blogger confusa said...

E será que alguma dia vou pedir para me beijarem assim?! Espero que sim. Bjs

2:20 da tarde  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

gostei :)
bjx

2:43 da tarde  
Anonymous nina said...

Parabens pela traduçao !

3:30 da tarde  
Blogger Carla Silva said...

Lindo tanto em português como francês. Parabéns pela escolha.
Beijinhos.

4:21 da tarde  
Blogger MalucaResponsavel said...

Ola, vim buscar os meus beijos... :) e deixar-te uns quantos...

7:30 da tarde  
Blogger Miguel said...

"Beija mais, beija-me e torna a beijar
Dá-me um daqueles teus com mais sabor
Dá-me um daqueles teus com mais amor
Quentes qual tição quatro te vou dar"

Gostei ...

Bjks da Matilde

7:55 da tarde  
Blogger Sandra said...

Beijos.. tão bom...

Gostei, muio bonito!!

Beijocas :)

9:21 da tarde  
Anonymous Mónica said...

Beijos, que néctar para os lábios e vida para a alma! Beijos dados ou arrancados, não importa...sabem tão bem dar como receber. Um poema com séculos, mas muito actual. Gostei. Beijinhos tripeiros

9:28 da tarde  
Blogger Sara MM said...

Ah pois.... ela bem sabe o que é bom! :o)

Bjss

10:05 da tarde  
Blogger Alexandra said...

Foi boa a tua escolha! Mas contráriamente ao que aqui tem sido dito, prefiro a leitura em fracês, embora a tradução esteja bem feita.

Fica bem!

Bjs

12:00 da manhã  
Blogger Ana said...

Os poemas de amor são sempre actuais. Não conhecia e gostei de ler.
Um beijo.

12:03 da manhã  
Blogger Maresi@ said...

Bela poesia...voltarei brave...
belas palavras...
Vim agardecer sua visita ao meu recanto...

Beijo Maresi@

1:41 da manhã  
Blogger Alma de Poeta said...

A maior entrega entre dois seres começa pelo beijo....e esse poema com 500 anos, faz sentir que os sentimentos de ontem continuam tão puros e verdadeiros como os de hoje.
Para ti um beijo meu amigo

1:07 da tarde  
Blogger Ana Luar said...

Que bela que é a voz da poesia Manuel... beijo_______te com todo o carinho que tenho para dar.

1:33 da tarde  
Blogger fgiucich said...

Un bellísimo caminar por las veredas del amor. Abrazos.

2:26 da tarde  
Blogger Solistra said...

Los besos... lo mejor de los momentos a solas y excelentes aliados en la dieta :-)

besitoslights

5:18 da tarde  
Blogger Rose said...

Hummmmmmm, que beijos, que soneto!!!!!!

Parabéns por trazer Manoel.

abraços

9:12 da tarde  
Blogger Daniellha said...

Olá ...gostei do teu espaco. Obrigata pela tua visita.

Beijos!

4:58 da manhã  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Gostei do teu blog poético. visita-me... não te arrependerás...

12:23 da tarde  
Blogger Sandra said...

Lindo ..lindo ..la poesía son los suspiros del alma y la comunicación de los sentidos en cualquier idioma es bueno saber que hay gente que la aprecia..
Saludos

1:53 da tarde  
Blogger Bettina Perroni said...

Ohhh merci beaucoup parce que j´ai compris bien la version en francais :)))

Il est vraiment... beau :))

Felicitation

9:46 da tarde  
Blogger alfazema said...

um soneto muio bonito. Beijos é o melhor presente que se dá aos amigos e a quem se ama.
Um beijinho para ti

11:14 da tarde  
Blogger Freyja said...

hermoso soneto Manuel
regalas siempre algo bello aqui
besitos y que mañana sea un lindo dia


besos y sueños

4:10 da manhã  
Blogger marie.l said...

ah Manuel que j'aime Louise Labbé, et là je comprends le texte, merci...
Je reviendrai te voir après le 6 août.
Bonne suite cher ami !

8:18 da manhã  
Anonymous cristina said...

Adoro Louise Labbé.
Lindo poèma.
Bom fim de semana.
Chego Segunda feira 24 de julho no Portugal!
Até Septembro!

11:57 da manhã  
Blogger Siboney said...

tendré en cuenta este blog, como referencia personal para mis lecturas de autores portugueses. gracias

saludos

12:36 da tarde  
Blogger dreams said...

beija-me mil vezes e beija-me de novo...

beijar é como beber água salgada...
bebes e a tua sede aumenta :)

excelente soneto de louise

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

3:09 da tarde  
Blogger Freyja said...

Manuel
muchas gracias por tus bellos saludos un lindo fin de semana
besitos



besos y sueños

10:53 da tarde  
Blogger Deusa Misteriosa said...

Olá
passei pra te deixar o meu
:)))))))
beijoooooo

12:50 da manhã  
Blogger Isa Calixto said...

Olá Manuel

Só voltei para deixar beijinhos

PARA UM BOM FIM DE SEMANA!!!

1:23 da manhã  
Blogger Freyja said...

Manuel
Muchas gracias por todos esos bellos saludos
desde Sueños: es verdad una doctora no sanara las heridas del amor, pero puede consolar
desde Fragmentos: hay lugares hermosos en el mundo, Portugal tiene lugares hermosos y mi sueño es llegar un dia a Lisboa y caminar por las calles envolviendo en Pessoa
desde mi ausencias...si pregunto ¿donde estas?, solo hay silencio
besitos manuel y muchas gracias



besos y sueños

3:19 da manhã  
Blogger Freyja said...

Manuel
gracias por tus saludos en Sucesos.
Desde Lagrimas...si una invitacion, el invitado vuela por la vida, la foto es linda, gracias
un abrazo grande y gracias por tu compañia
besitos




besos y sueños

4:08 da manhã  
Blogger Freyja said...

Manuel
gracias por tus saludos en Poesias, Benedetti es maravillo y es verdad todos necesitamos de alguien
Y Serrat es maravilloso, el canta y encanta en versos con música
besitos y gracias por todos tus saludos
besitos



besos y sueños

5:51 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home