quarta-feira, maio 03, 2006

QUEM POLUIU...

Quem poluiu...

Quem poluiu, quem rasgou os meus lençóis de linho,
onde esperei morrer, __ meus tão castos lençóis ?
Do meu jardim exíguo os altos girassóis
quem foi que os arrancou e lançou no caminho ?

Quem quebrou (que furor cruel e simiesco ! )
a mesa de eu cear __ tábua tosca de pinho ?
E me espalhou a lenha ? E me entornou o vinho ?
__ da minha vida o vinho acidulado e fresco...

Ó minha pobre mãe !... Não te ergas mais da cova.
Olha a noite, olha o vento. Em ruína a casa nova...
Dos meus ossos o lume a extinguir-se breve.

Não venhas mais ao lar. Não vagabundes mais.
Alma da minha mãe... Não andes mais à neve,
de noite a mendigar às portas dos casais.

Camilo Pessanha
(1867-1926)

2 Comments:

Blogger Pecaaas said...

Muito bom!
Não conhecia de todo!
Obr. pela publicação.
Pedro

10:17 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

2:52 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home