sábado, abril 29, 2006

RUTILA O SOL...

Soneto

Rutila o sol na imaculada esfera !
No ar transparente, o amor e a formosura
Trocam beijos, nos estos da ventura,
Aos puníceos clarões da primavera !

Vestem o tronco anoso as folhas d'hera !
Já canta a prole doirada na espessura.
Tudo tem alma ! a humana criatura,
A pedra bruta, a pomba, a besta fera !

Fez-se um milagre em mim ! Ressurjo nos dias
Das juvenis, das santas alegrias !
Deito um furtivo olhar ao meu espelho ?...

Na festa trinial, a mocidade
Traz-me rosas a flux ! E sem piedade,
O maldito a dizer-me que estou velho !

Bulhão Pato

1 Comments:

Blogger Sara MM said...

o sol é vida.... e viver não é fácil.... mas é bom....
.... pena que não acabe bem :o\

Bjss

11:19 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home