quarta-feira, abril 26, 2006

TEIAS DE ARANHA

Teias de aranha

Tenho aqui perto uma aranha,
Que trabalha noite e dia,
Com industriosa manha,
Na sua teia luzidia.

Quanta vez tenho evitado
Que a vassoura irreverente
Varra o Paço rendilhado
Da pobre aranha inocente!

É que penso, que o insecto
Talvez adore o seu ninho,
Com o mesmo entranhado afecto
Que eu dedico ao meu cantinho.


Conde de Sabugosa

2 Comments:

Blogger marakoka said...

obgda pela visita ao xanax
gosteu do teu cantinho
jocas maradas de palavras

10:49 da tarde  
Blogger AmigaTeatro said...

Boa Tarde :)*

4:15 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home