sexta-feira, maio 22, 2009

SONETO

Neste silêncio cheio de sentido
Da noite, escuto, em religiosa unção,
Um rumor misterioso e indefinido
Que parece rolar lá da amplidão.

De onde vem este som desconhecido?
Desce dos céus? Será uma ilusão?
São vozes que não ferem meu ouvido,
Mas que me vêm ressoar no coração.

São vozes do silêncio e do mistério,
Com que Deus fala às suas criaturas
Dos abismos do espaço ermo e sidério;

Ouço-as no decorrer da noite calma,
Descendo misteriosamente das alturas
Para ecoar no silêncio de minh'alma.

Maria Nunes de Andrade

10 Comments:

Blogger SAM said...

Belíssimo soneto! É no silêncio que podemos auscutar os sussurros que nos chegam na calma e mansidão.


Lembrei-me da música de Gilberto Gil - Se Eu Quiser Falar Com Deus


"....Se eu quiser falar com Deus
Tenho que ficar a sós
Tenho que apagar a luz
Tenho que calar a voz
Tenho que encontrar a paz
Tenho que folgar os nós
Dos sapatos, da gravata
Dos desejos, dos receios
Tenho que esquecer a data
Tenho que perder a conta
Tenho que ter mãos vazias
Ter a alma e o corpo nus
Se eu quiser falar com Deus..."


Beijos e linda semana!

7:54 da tarde  
Blogger Baila sem peso said...

No silêncio se ouve
a mais bela canção...
no silêncio se canta
a mais bela oração...
Vozes da noite
na doce ilusão,
dos anjos que vêm
bafejar nosso coração!

Um bom domingo
Beijinho

9:09 da tarde  
Blogger Martinha said...

Diz-se que o silêncio é ouro... Talvez porque seja das formas de comunicação que resulta melhor em muitas circunstâncias.

Belo soneto. Gostei :) *

2:34 da tarde  
Blogger ada said...

Hay silencios que hablan más que las palabras.
Un bico

6:24 da tarde  
Blogger Professorinha said...

Lindo mesmo... Gosto do "ecoar no silêncio de minh'alma"... Dá que pensar, não é?...

Beijos

11:37 da manhã  
Blogger Cecilia said...

¡Qué bello soneto! En el silencio escuchamos nuestras propias voces. Un abrazo.

6:06 da tarde  
Blogger elvira carvalho said...

Faz tempo que não passava neste cantinho sempre repleto de boa poesia. A vida é complicada e nem sempre podemos fazer o que queremos.
Um bonito soneto. Mais uma vez de alguém que eu não conhecia.
Um abraço

2:47 da tarde  
Blogger Parapeito said...

Bonito ...
É bom quando os sons do silêncio..nao nso assutam
***

10:35 da tarde  
Blogger Carla* said...

tens aqui bonitos textos :D

11:21 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

3:34 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home