quarta-feira, julho 16, 2008

UM RELOGIO

Um relógio faz-me medo:
__Cada minuto que passa
encerra sempre o segredo
da ventura ou da desgraça!

Sofrer traduz mau saber,
Não sofras, homem sisudo:
__Deixa a vida resolver
que a vida resolve tudo!

Silva Tavares

43 Comments:

Blogger Blanca said...

Cada minuto que pasa... cada minuto encierra tanto...
Un abrazo.

11:32 da manhã  
Blogger Graça Pires said...

A vida resolve tudo... Será? É melhor viver cada minuto como formos capazes, com os sonhos presos ao passaporte da evasão.
Um abraço.

3:09 da tarde  
Blogger victor Rocco said...

Hola, quieres leer un mundo nuevo de letras? entonces visitame, " tierra de letras sur " tu opinion si importa.

6:04 da tarde  
Blogger Ana R said...

Tiempo,tiempo,tiempo ...inaprensible.

Abrazos

6:09 da tarde  
Blogger Alice Matos said...

O tempo...
Coisa estranha... o tempo...
Ou passa a correr... ou custa tanto a passar...
Se com ele tudo passa... ainda não sei... terei a certeza quando não houver mais tempo para mim...
Beijo grande, Manuel...

6:59 da tarde  
Blogger poeta_silente said...

"A cada dia basta a sua preocupação"...
Não sabemos nada a respeito do minuto ou segundo seguinte. Então, vamos nos ocupar apenas do que estamos a fazer no momento. Mas nos "ocupar" e não nos "pre ocupar".
Beijos, querido.
Miriam

7:16 da tarde  
Blogger Veronica Curutchet said...

Como digo siempre:
todo se soluciona.

La Vida sabe!


besos

9:01 da tarde  
Blogger Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Poema feito sob medida para a minha atual situação. Não deixe de ir ao meu Blog pois estou comemorando o fato de ter engordado 1 quilo, estou com 38, fiz um post especial. Conto com a sua presença~:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

10:26 da tarde  
Blogger Martinha said...

Um relógio contém sempre algum um pouco incerto: o tempo. Num minuto pode estar tudo bem, no outro seguinte uma catástrofe pode ter acontecido. É algo que não controlamos.
Fica bem Manuel *

10:31 da tarde  
Blogger Sophiamar said...

Não conhecia o poeta. Obrigada! Quanto ao poema do relógio, há minutos e minutos. Uns têm segredos, outros não mas todos devem ser vividos intensamente.

Beijinhos

10:57 da tarde  
Blogger Sandra Daniela said...

Avida, e o tempo que sempre vai passando é uma incógnita... nunca sabemos o que vira no minuto, ou até segundo seguinte... Mas também utilizamos o tempo, com a velha desculpa que o tempo tudo cura... será???


Gostei do texto que li, depois de alguma ausencia das minhas visitas aos bolgs...
fica bem

11:37 da tarde  
Blogger Mary West said...

Lembrou-me akela música de Alceu em que ele canta que a solidão é fera, a solidão devora, é amiga das horas, prima/irmã do tempo. ;)

12:43 da manhã  
Blogger Olhos de mel said...

Pois é meu amigo lindo! O medo paralisa. A vida é uma arte que nem sempre sabemos viver. O jeito é deixar que o destino nos leve...
Uma bela poesia, cheia de sabedoria...
Beijos

6:18 da tarde  
Blogger Serenidade said...

fantástico...que verdades tão verdadeiras (perdoe-me a redundância, mas...)
"Deixa a vida resolver
que a vida resolve tudo" - sem dúvida, nós como humanos que somos é que não temos paciência nem aceitamos o que achamos que não é para nós...

Serenos sorrisos

9:16 da tarde  
Blogger SAM said...

Acho sim que a vida resolve tudo, porque com ela se aprende...Pena quem nem sempre lembramos disso.

Grande beijo

11:54 da tarde  
Blogger fgiucich said...

Vemos pasar la vida en cada segundo. Abrazos.

12:02 da tarde  
Blogger Veronica Curutchet said...

Vuelvo para dejar simplemente un beso
y decirte que te enlacé.
besosssssssssssssss!

1:58 da tarde  
Blogger Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Já comentei esse poema, mas não custa recomentá-lo. É muito bom, aliás vc sempre escolhe bem os autores e os poemas e nos encanta.
Postei sobre um filme meio desconhecido, porém lindo.
Apareça quando puder:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

3:05 da tarde  
Blogger Secreta said...

Resolver resolve , mas por vezes , de uma forma demasiado lenta...
Beijito.

3:36 da tarde  
Blogger Parapeito said...

...por isso digo : Hoje não tenho tempo para tristezas ...deixo isso pra amanhã .

:))

3:42 da tarde  
Blogger Muse said...

un petit bonjour de Marseille. Ici aussi
le temps s'écoule,
douceur du temps
quand mes pieds foulent
le sable dans le vent

8:47 da tarde  
Blogger Desnuda said...

Amigo Manuel!

Hoje estou transbordando de AMOR. Minha filhinha completa 22 aninhos...

Ótimo fim de semana!

Beijos e...Te espero no Desnuda!

9:54 da tarde  
Blogger Flor said...

A vida resolve tudo...
Sempre.
Abraço

3:00 da manhã  
Blogger Vieira Calado said...

A vida, que é como quem diz, o tempo, que é como quem diz, o relógio!
Bom fim de semana

11:42 da tarde  
Blogger Veronica Curutchet said...

Amigo es el que te recuerda,
Te conoce, te acompaña y te espera.
De ti hablo ahora, amigo mío; de ti
que siempre apareces cuando bramo
mis penas.

♥FELIZ DIA DEL AMIG♥
Verónica
♥♥♥♥♥♥

1:13 da tarde  
Blogger Fénix said...

A vida nem tudo resolva, há coisas que estão só nas nossas mãos...

Bj

5:33 da tarde  
Blogger lena said...

parabéns pela partilha

penso que sim, que a vida vai resolvendo tudo, ou indicando caminhos para se poderem resolver

um abraço meu

beijinhos

lena

8:03 da tarde  
Blogger Abril Lech said...

O relogio no es culpable! Apenas mira pasar el tiempo a través de su cuerpo...

5:05 da manhã  
Anonymous Olhos de Mel said...

Pois é meu amigo lindo! O relogio traz a esperança de dias melhores, mas também a incerteza deles...
Que sua semana seja de realizações!
Beijos

5:41 da tarde  
Blogger São said...

Não é necessário ter medo do relógio, pois a vida resolve tudo, de facto.
Boa semana.

6:20 da tarde  
Blogger Hermínia Nadais said...

Agradeço a visita ao meu espaço. ÓI!... Isto por aqui... Está muito bom!

7:40 da tarde  
Blogger alma said...

La vida, el tiempo, las elecciones que hacemos...

10:08 da tarde  
Blogger katina said...

Reloj que cuentas las horas de dicha o desventura .

Cuantas veces quisièramos que el reloj se detuviera para hacer eternos aquellos bellos momentos .

O al revès quisièramos que el tiempo "volara" para que esos tristes y dolorosos momentos se fueran .

Pero mas que angustiarse hay que dejar que la vida lo resuelva .

Sabio poema .
Un fuerte abrazo a la distancia.

12:47 da manhã  
Blogger mundo azul said...

...um relógio pode também trazer boas novas!

Beijos de luz e o meu carinho!!!

6:44 da tarde  
Blogger Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Acho que já comentei esse poema tão sábio!
Amigo, fiz nova postagem e acho que a minha melhor resenha, embora a maioria tenha visto o filme.
Apareça aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

8:12 da tarde  
Blogger mariam said...

serenamente-...- deixar "correr" o tempo...podemos é ir-lhe "pregando" umas "rasteiras"...

gosto... de relógios!

boa semana
um sorriso :)

ah!"safou-se" ao desafio no 7sentidos!

10:23 da tarde  
Blogger Maria Dias said...

É verdade não devemos sofrer por antecedência.Cada coisa a seu tempo...Sempre o tempo.

Aproveito para convida-lo até o meu Avesso.

Beijos e boa semana!

10:35 da tarde  
Blogger BETTINA PERRONI said...

Así es Manuel... la vida se encarga de poner las cosas en su lugar.

Un abrazo caro amigo :)

3:57 da tarde  
Anonymous Olhos de Mel said...

Oie meu amigo lindo! Passando para lhe convidar para a festinha do meu afilhadinho, lá em casa. Beijos

5:04 da tarde  
Blogger MARTHA THORMAN VON MADERS said...

Verdade, a vida resolve tudo, e a simplicidade também. adorei!
Fiz postagem nova,apareça por lá se tiveres um tempinho.Um grande beijo

5:40 da tarde  
Blogger marina said...

la vida,
una.
Cada segundo es irrepetible.
Me viene a la cabeza la canción...

"e a coisa mais divina que há no mundo, é viver cada segundo como nunca mais..."

saludos fresquitos,

6:36 da tarde  
Blogger Alice Matos said...

Passei para divagar... Gastar uns minutos envolvida nos textos que vais oferecendo...
Um beijo para ti...

7:54 da tarde  
Blogger MAR said...

OJALA ...CADA MINUTO QUE PASE DE NUESTRAS VIDAS, SEA DE FELICIDAD.
BESOS.
MAR

9:20 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home