domingo, maio 20, 2007

A ARANHA

Num angulo do tecto, ágil e astuta, a aranha
sobre invisível tear tecendo a ténue teia,
arma o artístico ardil em que as moscas apanha,
e, insidiosa e subtil, os insectos enleia.

Traz do fluido que flui das entranhas a estranha
e fina trama ideal da seda que a rodeia,
e, alargando o aranhol, os elos emaranha
do alvo disco nupcial, que a luz do sol prateia.

Em flóculos de espuma urde, borda, desenha
o arabesco fatal onde os palpos apóia,
e tenaz, a caçar os insectos, se empenha.

Vive, mata e produz nessa faina enfadonha,
e, faíscante o olhar a arder como uma jóia,
morre na própria teia onde trabalha e sonha.

Da Costa e Silva
23/11/1885__29/06/1950

38 Comments:

Blogger Azul said...

Vengo a desearte buen fin de semana....espero que lo disfrutes tanto como yo las poesías que compartes con nosotros.

Bikos!

1:42 da manhã  
Blogger alma said...

Los hindues llaman Maya a la mente, dicen que funciona como la raña cuando teje.
Muy bonito

11:42 da manhã  
Blogger Dalva said...

Coisa de maluco, ficar se enredando assim na teia... No me piace a aranha, nem o Spider Man. Um abraço, bem enleado para você, entretanto!

11:55 da manhã  
Blogger Vladimir said...

quantos de nós não somos vítimas das nossas teias?

12:41 da tarde  
Blogger belita said...

Siempre resulta un placer visitar tu casa, pués siempre me llevo como premio un texto hermoso que no conocia. Grácias y mil besos.

7:59 da tarde  
Blogger Musician said...

E assim é a vida!
Um beijo*

9:25 da tarde  
Blogger Madalena Barranco said...

Olá Manuel, um soneto tão bem tecido tem a sagacidade da aranha nos versos! Adorei ler. Beijos.

10:03 da tarde  
Blogger D. Maria e o Coelhinho said...

muita musicalidade.


Coelhinho


ps-ando com muito medo.

12:17 da manhã  
Blogger Pete said...

A aranha é assim um bichinho bem curioso...Espero que esteja tudo bem consigo Manuel.

Um Abraço e boa semana.

12:29 da manhã  
Blogger MARIA VALADAS said...

Mais um belo momento de poesia que nos ofereces!
Uma boa semana para ti Manuel!

Maria

12:43 da manhã  
Blogger D. Maria e o Coelhinho said...

Era o que me faltava!!!

O Coelhinho tem medo de dormir comigo !
Que hei-de fazer!

ANDA DAR A TUA SUGESTÃO !!!!

1:14 da manhã  
Blogger D. Maria e o Coelhinho said...

Calcula que, agora,
o Coelhinho tem medo de dormir comigo !!!!
Não vens dar a tua opinião?

ABracinho


D. MARIA

1:23 da manhã  
Blogger B. said...

Lembrei-me de imediato da musica dos cure - lullaby

"on candystripe legs the spiderman comes
softly through the shadow of the evening sun
stealing past the windows of the blissfully dead
looking for the victim shivering in bed
searching out fear in the gathering gloom and
suddenly!
a movement in the corner of the room!
and there is nothing i can do
when i realize with fright
that the spiderman is having me for dinner tonight!"


já estou melhor
beijos

1:32 da manhã  
Anonymous Secreta said...

As teias da vida ... quantas e quantas vezes nos embrenhamos de tal forma que se torna difícil definir um rumo.
Eu pessoalmente , não gosto mt de aranhas ... :)
Beijito.

9:43 da manhã  
Blogger Liliana said...

...tal como nós que nesta Cidade do Esquecimento em que vivemos,olvidamos quem éramos e para onde vamos.
Um abraço

1:37 da tarde  
Anonymous mensageira said...

Um bicho que me arrepia...

Parece-me mais um metafora, uma comparaçao entre a aranha e o ser humano.

Beijo.

2:49 da tarde  
Blogger Helena Nunes said...

Não posso negar a beleza mas, não consigo homenagear a "bichesa". Sou aracnofóbica.
Bjos

3:32 da tarde  
Blogger Fúria das Águas said...

A vida pode ter estas teias e muitas vezes prendemos nela quem não queremos.
UM beijo meu amigo
Fica bem
Furia

5:12 da tarde  
Anonymous anne said...

É a natureza dela, ele tece com uma perfeição inexplicável. "morre na própria teia onde trabalha e sonha"
Quantos de nós tecemos, tecemos para prender um amor, um amigo, um filho, quando nossa natureza é outra. Gostei de ler e de estar contigo.
Bjus.

6:23 da tarde  
Blogger fgiucich said...

Hace un tiempo leì sobre el "ñandutí" (tela de araña en idioma guaranì) que los artesanos tenjen imitando a la araña. Una trama perfecta. Abrazos.

7:10 da tarde  
Blogger Lusófona said...

A arte não está só no tear, mas também em não se emaranhar nas próprias teias....

Adorei este poema!

Beijos

8:15 da tarde  
Blogger sonhadora said...

Hoje, regresso a mim e pernoito na magia do sonho.
Beijinhos embrulhados em abraços

7:30 da tarde  
Blogger Bettina Perroni said...

Manuel... el mundo de la poesía es muy extenso... la vida de este blog será muy larga.... y tus lectores cada vez más puesto que como siempre, nos presentas lo mejor.

Un beso!

9:58 da tarde  
Blogger Freyja said...

Querido Manuel
esta vez vengo con una mision diferente
te vengo a dejar esta mencion honorosa "Thinking Blogger Award" que se da a los blog que hacen pensar y sienten desde mi blog Lagrimas
Felicitaciones amigo

que estes muy bien, besitos

besos y sueños

3:27 da manhã  
Anonymous Pequenita said...

Vive cada dia c se fosse um fruto maduro q amanhã estará podre. A vida n pode ser economizada p amanhã. Acontece sp no presente!

Beijinhos
Pequenita ;o)

11:09 da manhã  
Blogger Barão da Tróia II said...

Gostei, boa semana.

2:48 da tarde  
Blogger Moura ao Luar said...

Ai aranhas teias tudo isso me dá impressão...

4:20 da tarde  
Blogger Bela said...

Venho agradecer e retribuir a visita...:)
Belas poesias!

6:10 da tarde  
Blogger Freyja said...

las arañas tejen y tejen su propia red y ademas son peligrosas
mil besitos y que estes muy bien Manuel
un abrazo


besos y sueños

12:21 da manhã  
Blogger Paula Negrão said...

Como sempre, mas uma boa escolha!
=]

beijos

12:42 da manhã  
Blogger D. Maria e o Coelhinho said...

e que taql
ires provar o petisco que fiz para o Coelhinho ?

D. Maria

12:51 da manhã  
Anonymous tibeu said...

Todos temos a nossa teia, quem sabe qual será a nossa!!!!

6:54 da tarde  
Blogger MARIA VALADAS said...

O amor...é sempre o amor!

Estou de caordo com o poeta!

Um bom domingo Manuel!

Abraço da

Maria

4:10 da manhã  
Blogger MARIA VALADAS said...

Manuel...desculpa o erro na frase " Estou de acordo com o poeta"!

Beijo

Maria

4:12 da manhã  
Blogger MAH-TRETAS said...

Com rigor uma anologia do mundo em que vivemos, só que são aranhas muito mais maquiavélicas.

Gostei imenso


obrigado

2:37 da tarde  
Blogger MAH-TRETAS said...

Com rigor uma anologia do mundo em que vivemos, só que são aranhas muito mais maquiavélicas.

Gostei imenso


obrigado

2:37 da tarde  
Blogger pin gente said...

não fazia ideia do desfecho

6:47 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

4:06 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home