segunda-feira, janeiro 05, 2015

A M O R

Amor _ seiva da vida que a alma enflora ;
Flor da alma em que florece a esperança ;
É fogo ardente, em chama na lembrança ,
Que o peito gela e o coração devora ;
     
É cobarde vencido a toda a hora ;
Herói que tudo vence e tudo alcança ;
Cuidado que não dorme nem descansa ...
Desvairado prazer que ri e chora ;
     
É facho oculto que ilumina a Gente ;
É dor que nos consola e nos tortura ;
É delícia que dói constantemente ...
     
Negro fantasma e aparição querida ;
Desgraça que nos traz toda a ventura ;
Tirano que nos mata e nos dá vida .
      
           Maria Isabel da Camara Quental

6 Comments:

Blogger Elvira Carvalho said...

Gostei . Não me lembro de ter já lido algo desta poetisa.
Um abraço e um excelente ano

9:40 da manhã  
Blogger AMALIA said...

Un abrazo y mucha felicidad.

4:41 da tarde  
Blogger Daniel C.da Silva (Lobinho) said...

Um bom dia de reis, e claro, um belíssimo 2015 :)

5:48 da tarde  
Blogger A Casa Madeira said...

Olá Manoel, adorei a desgraça que nos traz ventura kkk.
Bom começo de ano para ti.
janicce.

7:03 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

Uma bela definição de amor. Gostei.
Beijo.

8:34 da tarde  
Blogger Elisabete said...

Uma bonita homenagem ao amor!
Bom fim de semana

6:10 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home