sábado, fevereiro 24, 2007

BOCAGE

MADRIGAL


Zephyros que brincais co'as tranças belas
Da minha doce Analia
Voai às flores da viçosa Idalia
Bem que na graça e cor são menos que elas.
Não é por vós, Favonios, que a frescura
Trazeis ao níveo seio,
E a face melindrosa em que deliro:
É só porque receio,
Que de astuto rival, de audaz ternura,
Convosco se disfarce algum suspiro.


Manuel Maria de Barbosa l´Hedois Du Bocage
16/06/1765__21/12/1805


4 Comments:

Blogger bom dia isabel said...

Mais um poema muito bonito. Gostas tanto de poesia quanto eu, Manuel. Não sou tua vizinha mas tenho sangue ribatejano, aí na fronteira com o Alto Alentejo.
Beijinhos e bom domingo.

1:41 da tarde  
Blogger Solitária said...

É um poema lindo!!
Obrigado pelas tuas palavras...
Volta sempre que te apetecer, eu vou voltar!! :)

**BJS**

1:53 da tarde  
Blogger MARIA VALADAS said...

Um belo poema do inesquecível Bogage!

Grande Poeta!

Beijinhos

Maria

11:39 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

4:14 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home