segunda-feira, janeiro 29, 2007

QUEM ERA ?

Em volta olhei... a ver se oculto via
Alguém que de meus olhos se ocultava:
__Voz carinhosa o coração ouvia...
__Voz carinhosa ao coração falava...

Voltei a olhar... e vi que me enganava !
Mas sempre o mesmo engano me iludia :
__Voz carinhosa ao coração falava...
__Voz carinhosa o coração ouvia...

Ansiosa, então, e sempre e mais olhando,
Sem nada ver, meu Bem, certeza eu tive
De que eras tu e a tua voz falando :

Tu _ minha Vida ! Tu _ minha Esperança !
_Falando na saudade que em mim vive,
Vivendo no Amor e na Lembrança.

Maria Isabel da Camara Quental

40 Comments:

Blogger Rafaela said...

+*_/\_
.*. >,"< * + * . +
*´¨) "O destino da tua vida és tu!
¸.*´ A nossa vida não pode ser o que os
*´¨) outros querem que ela seja.
¸.*´ Se ficarmos a olhar para o que as outras
*´¨) pessoas pensam ou dizem, jamais faremos
¸.*´ algo que verdadeiramente satisfaça o nosso
¸.*´ coração."
*´¨)
¸.•´¸.•*´¨)Tenha uma óptima semana!!!
(¸.•´ (¸.•`*Bjus...

10:44 da tarde  
Blogger AZUL said...

No conocía la autora...pero siempre agradezco tus aportaciones...Un abrazo!

12:09 da manhã  
Blogger Marie said...

Olá,
é tão bom ouvir a voz...
na verdade...pode ser qualquer voz...de um amigo...de um grande amor...o que importa...é ouvir...
linda semana pra ti !
beijinhos

10:51 da manhã  
Anonymous Secreta said...

O Coração vê , escuta e sente o que a distãncia nos impede de ver , escutar e sentir.
Lindo poema.
Beijito.

11:10 da manhã  
Blogger Saramar said...

Lindo, lindo!
Como o amor nos transforma e nos faz ir alémd os sentidos!

beijos

1:21 da tarde  
Blogger Icarus said...

Caro Manuel, cheguei cá porque já encontrei tu comentário en el blog de poemas de mademoiselle/señorita P, en Chile. Tu lembras, ese poema sobre os pombos bailando ao levantar do sol e sonhando? Pronto, eu fiz a tradução inglesa, foi uma colaboração entre nós os dois. Ela escreveu a 1ª versão em espanhol e depois em francés, inspirada pela foto. Já viste, no blog fotográfico dela, com o poema nas 3 idiomas?. A versão original da foto, que eu tirei, apareceu nos 2 blogs com os poemas. Ora, o motivo inmediato deste comentário é precisamenta o seguinte: quando vi que estás em Santarem, deu-me um sorriso enorme....a fotografia que inició toda esta colaboração foi tirada à beira do Tejo, em VF Xira, onde moro, no dia 20 de Setembro! Tu serás o primeiro ribetejano à ver tudo isto, acho eu, por enquanto essa foto, tal como o poema, já teve uma recepção fantástica e positíva de muita gente espalhada peolo mundo enteiro! Te convido à visitar o meu blog tambem para ver o post do dia 30 de Dezembro. Já posso dar uma espreitinha cá! Abraços. (PS - o meu foto-perfil tambem é dum pombo no mesmo lugar).

8:49 da tarde  
Blogger almena said...

Saludos cordiales, Depropósito.
Feliz semana!
:)

9:06 da tarde  
Blogger Luna said...

A esperança nos levra por caminhos desconhecidos
beijinhos

9:11 da tarde  
Blogger delusions said...

"Falando na saudade que em mim vive,
Vivendo no Amor e na Lembrança."

oh que lindo! grande escolha*

bjs***

10:48 da tarde  
Blogger A margarida curiosa said...

Como sempre lindos poemas escolhidos....bjos e uma ótima semana Sabrina

1:22 da manhã  
Blogger Maria Cristina said...

el amor y lso recuerdos es lo que queda en el corazon, te mando un gran abrazo y espero que tengas un gran inicio de semana, lindo post

2:59 da manhã  
Blogger Ana Luar said...

Passei e ainda bem que passei... pk encontrei mais um belissimo poema escolhido pelo teu bom gosto literário.

Beijo Manuel.

9:01 da manhã  
Blogger Gracinha said...

Olá, vim retribui-te a vizitinha pelo meu cantinho.
Parabéns pelo teo blog, gostei do que encontrei.
Voltarei, beijinhos.

11:16 da manhã  
Blogger gabriela said...

el idioma a veces nos juega a las escondidas,poco puedo entenderte y sera un desafio que día a día, nos entendamos mas. Abrazos desde Argentina

11:43 da manhã  
Anonymous Trini said...

Pasé por aquí y te dejo un abrazo.

12:12 da tarde  
Anonymous meialua said...

Não conhecia o poema, nem a poeta.
gostei.
Beijos.

1:11 da tarde  
Blogger Natalie Afonseca said...

Olá!!

Humm!! Gostei sim senhor! Boa escolha!! :)))))

Beijinhos

1:24 da tarde  
Anonymous Madalena said...

Manuel, queria pedir desculpa pq sem kerer apaguei 1 comentário que tinhas deixado no meu blog.
Confundi com um outro Manuel, esse indesejável, que ñ é concerteza o teu caso.
Mil desculpas
Bjs
Madalena

3:53 da tarde  
Blogger mymind said...

lindo...!bjts

5:59 da tarde  
Blogger veritas said...

Palavras-chave: vida,olhar, esperança...o condimento de qualquer amor...!!

Bjs. Boa semana.

6:10 da tarde  
Blogger Linda Paixão said...

Não conhecia, mas gostei!
Ainda bem que há quem mantenha a poesia acessa e a dê a conhecer ou a relembrar àqueles que apreciam.
Um bem haja!
Beijos***

7:23 da tarde  
Blogger Ana S. said...

Ela... a esperança, a vida, a paixão que dura eternamente.
Bonito poema.
Fica bem

8:28 da tarde  
Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

"Tu _ minha Vida ! Tu _ minha Esperança !
_Falando na saudade que em mim vive,
Vivendo no Amor e na Lembrança."

Muito lindo....
Duas palavras que adoro... AMOR E ESPERANÇA!

1 beijo =^.^= tarina

9:11 da tarde  
Blogger Naty said...

Olá os teus poemas também me encantam.
bjs naty

9:21 da tarde  
Blogger david santos said...

Olá!
Que soneto! Um espectáculo. Parabens.
Abraços.

12:53 da manhã  
Blogger MARIA VALADAS said...

Mais um soneto lindissimo!

Sempre na escola dos melhores poetas!

Mas quem tem tanta sensibilidade...também tem o dom de escrever poesia....

Fico a aguardar...

Um abraço amigo da
Maria

1:43 da manhã  
Blogger Rô sensualidade said...

2008Oi, vim matar a saudades e dar um beijo especial em vc...

2:21 da manhã  
Blogger Poemas e Cotidiano said...

Que lindo soneto, Manuel. Os sonetos ainda sao a mais linda escrita de amor...
Beijos
MARY

3:08 da manhã  
Blogger Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! said...

Acho que anda qui nos blogs uma onde de saudade, melancolia.. amor..
mas lindo o poema...
bjs

11:46 da manhã  
Blogger NARNIA said...

Palavras sentidas... Poder escutar quem não está, e abraçar quem não nos vê.

BJS :))

12:44 da tarde  
Blogger Rafael Velasquez said...

você é a autora?

1:14 da tarde  
Blogger Catarina said...

Sabe, a poesia faz-nos esquecer que na vida são mais os desencantos que os encantos :)

Um abraço;

3:38 da tarde  
Blogger Professorinha said...

Geralmente procuramos longe demais o que está pertinho de nós :)

6:15 da tarde  
Blogger Escorpiana Explosiva said...

O destino de nossa vida é a gente que faz,deveriamos ser sempre nós mesmo e não o que as outras pessoas querem que a gente seja.
Obrigada pela visita,se não for pedi muito,me manda teu endereço para eu colocar no meu blog.

uM ABRALO.

7:17 da tarde  
Anonymous temp_nua said...

Eu não quero viver de lembraças.
Um beijo
fica bem
temp_nua

9:42 da tarde  
Blogger girassol said...

A poesia escolhida dentro do teu nível de sensibilidade. A que nos ofereces... nos dás a conhecer...

Beijinho para ti.

10:35 da tarde  
Blogger Bettina Perroni said...

Soy yo!, soy yo!


Manuel como estas?, perdón por la ausencia, la labor diaria me obliga.

Pero como siempre dando mis vueltas para disfrutar de tu excelente selección de poemas.

Besitos,

10:57 da tarde  
Blogger poeta_silente said...

Manuel!
Esta poesia retrata um post que fiz no Noites de Verão. São iguais... não em palavras, mas em conteúdo. Linda!!!!!!!! Meu coração é esta poesia! Será, sempre.
Mas minha vida é uma poesia de alegria e esperança... no que há de vir!
Beijos
Miriam

1:33 da manhã  
Blogger Deus@ Misterios@ said...

Meu doce Amigo
Lindo texto...


beijooooooo

7:24 da tarde  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

4:15 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home