sexta-feira, janeiro 05, 2007

A POMBA E A RAPOSA

A POMBA E A RAPOSA
(Fábula)

Sobre uma ameixeira em flor,
certa pomba, muito branca,
chora tristezas d'amor!
Do seu peito a mágoa franca
irrompe em caudais de dor,
e a paixão mil ais lh'arranca
sobre uma ameixeira em flor...

Pela estrada, caminhando,
vai raposa mui matreira
que ao vê-la triste, chorando,
ao ouvir a choradeira
fita a pomba, e, mesmo andando,
fala-lhe, d'esta maneira ,
pela estrada caminhando.

«_Sobre essa ameixeira em flor
porque choras minha bela ?
o que motiva essa dor
ave pura, ave singela ?»
«_Eu choro penas d'amor,»
baixinho, lhe responde ela
sobre uma ameixeira em flor.

Ao que a outra, caminhando,
diz: «_Com que então não te deixas
d'asneiras ?!» E ri, tornando:
«_D'amor!... Phu!... Cala tuas queixas...
e olha... vai-te consolando
a tasquinhar nas ameixas...»
...........................................
E continuou caminhando...


Anónimo

18 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Bien beau le travail de Mueck et la musique très belle frappe mon âme ce soir.

8:20 da tarde  
Anonymous Jofre Alves said...

Passei para ver como ia o Ano Novo, e com agrado constato que a qualidade é a de sempre, igual ao ano anterior, sendo imprescindível vir aqui. Resta desejar Bom Ano e óptima semana, e já agora, faça o favor de ser feliz.

10:20 da tarde  
Anonymous Ogigia said...

MUchas gracias por tu visita.Lo que he comprendido de tu poema me ha gustado mucho

11:02 da tarde  
Blogger almena said...

Me gustan mucho las fábulas. Hay palabras que no comprendo pero puedo intuirlas por la idea que expresa el verso.
¡gracias!

Un abrazo

12:10 da manhã  
Blogger poeta_silente said...

Bingo!!!!!!!!
Esta história parece-se com alguma coisa que escrevi e publiquei no Noites de Verão.
Uma mimosa poesia, com uma mimosa história.
Gostei imenso!
beijos ternos
Miriam

1:08 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Sempre gostei de fábulas! Esta desconhecia... Mas gostei imenso!

Beijinhos e um excelente fim de semana

1:39 da manhã  
Blogger Amadora said...

Bicos desde Galicia e Feliz Ano. Gústame o teu blog e a túa língua, seguirei visitándote. Unha aperta.

9:22 da manhã  
Blogger blugaridades said...

Um bom fim de semana e muita leitura. De boa poesia.
Beijinhos

10:22 da manhã  
Blogger MARTA said...

Gostei desta fábula!
Obrigada pela partilha.
Beijos e abraços
Marta

11:10 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Una clara y bella demostración de un ser romántico y otro, eminentemente práctico. Abrazos.

1:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bonitinho , o poema :)
Beijo para ti M.

7:52 da tarde  
Blogger Freyja said...

una fabula de una real vida, el que tiene corazon y el que solo tiene razon
queido amigo un abrazo muy grande y un lindo fin de semana
muchos cariños y que estes muy bien
besitos y cuidate


besos y sueños

10:35 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

"tasquinhar nas ameixas..."
Nunca tal tinha ouvido!

Um abraço

12:03 da manhã  
Blogger AZUL said...

Fábulas desde el corazón!!!


Mil bikos y buen domingo Manu!

4:13 da manhã  
Blogger venus said...

achei muito gira esta fabula...
fez-me lembrar os tempos de escola em que escrevia as composições dando vida a todo o tipo de seres.
adorei

5:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Que fábula tão castiça!
Mas mostra como as pessoas dão diferentes importâncias ao amor...Isto se lhe dão importância, claro!

Gostei muito.
Bjs*

9:35 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Um conselho matreiro!!

Abraço

12:47 da manhã  
Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

4:19 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home